scorecardresearch ghost pixel

Análise PEST

Conheça um dos métodos mais utilizados para a identificação e avaliação de ameaças externas de um negócio.

Muito utilizada pelos setores de marketing, a análise PEST é um método de estudo criado para investigar os principais fatores externos que podem influenciar de maneira direta as operações e o andamento de uma empresa. 

Para sua aplicação, usam-se variáveis de caráter político, econômico, social e tecnológico. Daí a origem da sigla (PEST). Algumas instituições optam pela ampliação dos riscos, incluindo também aspectos jurídicos e ambientais (PESTEL).

Como funciona?

Similar a Matriz SWOT (do inglês, Força, Fraqueza, Oportunidades e Ameaças), as análises PESTE ou PESTEL auxiliam no planejamento estratégico e de estruturação de um negócio. Elas também contribuem para o direcionamento a ser seguido pela equipe de Marketing da empresa. 

Somado a isso, a metodologia também:

  • Facilita na detecção de oportunidades;
  • Auxilia no desenvolvimento organizacional, criando um ambiente mais objetivo e sistemático;
  • Ajuda na identificação de possíveis ameaças que podem interferir no progresso da organização;
  • Proporciona tomadas de decisões mais seguras e de forma abrangente para diversos setores do negócio.

Observe que, diferentemente da Matriz SWOT, a PEST ou PESTEL, focam exclusivamente na análise de fatores externos e de impacto fora da empresa. Conheça a seguir, mais detalhadamente, quais são essas variáveis:

  • Política: políticas governamentais, instabilidade política, políticas tributárias, política comercial e princípios políticos adotados;
  • Econômica: renda dos consumidores, taxa de desemprego, crescimento econômico, taxas de câmbio, taxas de juros e de inflação;
  • Social: distribuição da população, estilos de vida, cultura e consumo, distribuição de faixas etárias, crescimento populacional;
  • Tecnológica: nível de inovação, mudanças tecnológicas, pesquisa e desenvolvimento, canais de comunicação, tecnologias internacionais, nível de inovação.

Podem ser incluídas as variáveis de ambiente (environment) e de fatores legais (legal), ampliando as linhas de abordagem da análise (PESTEL).

  • Environment (meio natural): políticas climáticas, clima e mudanças climáticas, níveis de poluição, sustentabilidade, localização geográfica;
  • Legal (legislação): leis trabalhistas, leis de proteção ao consumidor, normas específicas do setor, lei da concorrência, normas de tributação.

Como fazer uma análise PEST(EL)?

A dica mais importante é iniciar o processo com a realização de um brainstorming (tempestade de ideia, em tradução livre do inglês) tendo como meta as oportunidades e ameaças do mercado externo para o negócio. 

Utilizando as variáveis, observe quais os impactos positivos e negativos em situações hipotéticas envolvendo cada uma delas. Um método que pode facilitar o entendimento das categorias está na realização de perguntas. 

Por exemplo, ao utilizar a variável econômica, questões do tipo “Como está a economia atual?”, “O nível de renda dos cidadãos está aumentando ou diminuindo?”, “Qual a taxa de desemprego atual?”, se encaixam perfeitamente na proposta da análise PESTEL.

O mesmo vale para os outros fatores. Aqui, o mais importante não é apenas encontrar a lista de possíveis ameaças, mas descobrir soluções para combatê-las caso atinjam os alicerces da empresa.  

Uma sugestão é utilizá-la em conjunto com a Matriz SWOT, que inclui fatores internos. Juntas, os setores de Marketing da empresa podem aumentar a produtividade e evitar que problemas futuros possam afetar o negócio a longo prazo.

Leia mais:


Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário