Concurso TRF 4: Formada comissão interna para área de apoio

Edital deve abrir vagas nos níveis médio e superior. Iniciais podem ultrapassar R$ 8 mil!

Mais um importante andamento para a realização do novo concurso do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que abrange os estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Na última sexta-feira, 5, foi constituída a comissão interna para organização do certame. A portaria foi publicada no Diário Eletrônico da Justiça Federal da 4ª Região.

O grupo de trabalho, entre outras coisas, ficará responsável por coordenar e supervisionar todas as etapas do concurso, desde a escolha e contratação da banca organizadora até a homologação do resultado final. Confira na íntegra a publicação do Diário Oficial:

Em fevereiro deste ano, após a validade da última seleção terminar, o TRF4 anunciou que havia iniciado os estudos para realizar novo concurso. Na época, foi mencionada a possibilidade de aproveitar aprovados em certames realizados por outros tribunais.

Concurso TRF4 2019: Expectativa de vagas para técnicos e analistas

Embora este seja um passo importante para a realização do certame, demais detalhes sobre a seleção, incluindo os cargos e quantitativo de vagas, ainda não foram confirmados. No entanto, atualmente o tribunal possui 85 postos vagos, sendo 42 para técnicos e 43 para analistas. Os dados são do Portal de Transparência do TRF4 e referem-se ao mês de dezembro de 2018.

Todas as expectativas estão voltadas para que o concurso TRF4 2019 abra vagas para os mesmos cargos do último certame. Lançado em 2014, o edital trouxe chances em cadastro de reserva para os cargos de:

  • Técnico judiciário – níveis médio e médio/técnico;
  • Analista judiciário – nível superior em várias áreas de atuação.

No primeiro, houve oportunidades para a área administrativa em três especialidades: contabilidade, apoio especializado em tecnologia da informação e segurança de transporte. Candidatos graduados puderam concorrer às vagas das áreas judiciária na função de oficial de justiça avaliador federal e área de apoio na especialidade de informática. Foram registradas, no total, 78.145 inscrições.

Os concorrentes foram avaliados por meio de provas objetiva e discursiva (ou estudo de caso). Além disso, foi aplicada prova prática para técnicos na especialidade administrativa – Segurança e Transporte. A banca organizadora responsável pelos detalhes técnicos foi a Fundação Cargos Chagas (FCC).

Na época, os vencimentos iniciais eram de R$ 5.007,82 para técnicos e R$ 8.178,06 para analistas.

Em agosto de 2016, por meio de publicação oficial, a validade do certame foi prorrogada por mais dois anos, ou seja, até 2018. Assim sendo, o tribunal só pode preencher cargos vagos após a realização de novo concurso público.

Confira informações detalhadas acessando o Edital concurso TRF4 2014.

Voltar ao topo

Deixe um comentário