Concurso Caixa: aprovados da seleção de 2014 serão convocados!

Anúncio foi feito pelo presidente do banco, Pedro Guimarães. Chamadas serão feitas simultaneamente ao Programa de Demissão Voluntária (PDV).

Boa notícia para os aprovados do concurso de 2014 da Caixa Econômica Federal (CEF): a convocação está próxima! Durante o anúncio do Programa de Demissão Voluntária (PDV), feito nesta sexta-feira (17) pelo presidente do banco, Pedro Guimarães, foi confirmado que as chamadas serão feitas simultaneamente as demissões.

Segundo a Caixa, as convocações terão início em 3 de junho. As chamadas serão feitas em conjunto com o PDV, de acordo com a necessidade e decisão do banco.

O PDV anunciado tem foco nos 28 mil funcionários que trabalham na matriz e em escritórios regionais na Caixa. O prazo para adesão ao programa vai de 20 de maio a 7 de junho.

Os funcionários que aderirem ao programa e se demitirem voluntariamente receberão 9,7 remunerações base, considerando como referência a data de 31 de dezembro de 2018. O valor limite é R$ 480 mil.

Junto com esta quantia, o funcionário também receberá suas verbas rescisórias, como férias e licença prêmio, em uma parcela única. Não haverá incidência de Imposto de Renda ou recolhimento de encargos sociais.

Concurso Caixa: prorrogações e validade

As convocações do concurso são uma questão importante para a Caixa. Em fevereiro deste ano, o banco esteve em reunião com a procuradora Ludmila Reis Brito Lopes, do Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal e Tocantins (MPT DF-TO).

O objetivo do encontro foi entrar em um acordo quanto às ações contra o banco na Justiça do Trabalho do DF, que tramitam desde 2016. Os processos foram propostos devido a validade o certame, que era de apenas um ano, com prorrogação por igual período.

Realizado em 2014, o último concurso da Caixa já teve sua validade vencida e prorrogação utilizada. Na ocasião, foram ofertadas vagas efetivas, de nível médio e superior. Os cargos contemplados foram os de Técnico Bancário, Médico do Trabalho e Engenheiro.

A seleção contou com formação de cadastro de reserva. Ao todo, existem cerca de 30 mil aprovados aguardando serem convocados.

Na reunião com o MPT-DF/TO, foi ajuizada uma ação para que a Caixa prorrogasse o prazo do concurso por tempo indeterminado. Enquanto o processo não é finalizado, a validade do certame está parada, o que possibilita com que o banco realize as convocações.

(Com informações de G1 e Folha Dirigida)

Voltar ao topo

Deixe um comentário