Concurso IBGE: Publicado edital com 209 vagas! Até R$ 2,1 mil!

Edital traz vagas temporárias nos níveis fundamental e médio, nas funções de recenseador e agente censitário. Inscrições em breve!

Está publicado o primeiro edital para servidores temporários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Conforme esperado, o documento foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 21.

Ao todo, são 209 vagas em funções, de acordo com a seguinte distribuição:

  • Agente censitário municipal – ACM ( quatro vagas);
  • Agente censitário supervisor – ACS (25 vagas);
  • Recenseador (180 vagas).

A escolaridade mínima exigida para as duas primeiras é ensino médio completo. Para a última, os candidatos devem apresentar ensino fundamental completo.

Os contratos celebrados por tempo determinado: até dois meses para recenseador e até seis meses para os demais cargos. As remunerações serão de R$ 2.100,00 para ACM e R$ 1.700,00 para ACS. O recenseador recebe por produção.

As jornadas de trabalho serão de 40 horas semanais para agente. Aprovados para o cargo de recenseador cumprirão, no mínimo, 25 horas semanais, conforme recomendação, além de participar de todo o treinamento.

O Censo Experimental funciona como um “ensaio” para a principal pesquisa realizada pelo Governo Federal, o Censo Demográfico 2020. De acordo com calendário do IBGE, o Censo Experimental será realizado entre os meses de setembro e novembro, na cidade de Poços de Caldas, Minas Gerais.

A contratação dos agentes e convocação dos recenseadores para treinamentos devem ocorrer entre os dias 13 e 22 de agosto de 2019.

Inscrições concurso IBGE

Interessados em concorrer a uma das vagas abertas pelo concurso IBGE 2019 temporários poderão efetivar a inscrição a partir desta quarta-feira, 22. As candidaturas serão recebidas exclusivamente pela internet, por meio do site da banca organizadora, o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento (Ibade). O prazo limite para inscrições é 9 de junho.

Será cobrada taxa de inscrição com os seguintes valores:

  • Recenseador – R$ 25,00;
  • Agentes – R$ 45,50.

A taxa deve ser paga até 10 de junho, em agências do Banco do Brasil.

Doadores de medula óssea e membros de famílias de baixa renda, inscritos no CadÚnico para programas sociais do Governo Federal poderão solicitar isenção da taxa durante todo o período de inscrições.

De acordo com o edital, as vagas para as funções de agente (ACM e ACS) terão inscrição única. Serão oferecidas as vagas de agente censitário municipal (ACM) aos candidatos que obtiverem melhor classificação no certame. Aos demais candidatos classificados, serão asseguradas as vagas de agente censitário supervisor (ACS), obedecida a ordem de classificação.

Concurso IBGE 2019: Provas serão aplicadas em junho

Participantes do certame para o Censo Experimental serão avaliados por meio de provas objetivas. Conforme o regulamento, os exames terão estruturas diferentes para cada cargo e versarão a respeito do seguinte conteúdo programático:

Recenseador

  • Língua Portuguesa (15 questões);
  • Matemática (15 questões);
  • Conhecimentos Técnicos (20 questões).

Agentes censitários 

  • Língua Portuguesa (15 questões);
  • Conhecimentos Técnicos (dez questões);
  • Raciocínio Lógico e Quantitativo (dez questões);
  • Noções e Administração e Situações Gerenciais ( 25 questões).

A avaliação será realizada em 21 de julho, no turno vespertino, das 13h às 17h, em Poços de Caldas, Minas Gerais. Independente do cargo, os candidatos terão até quatro horas para resolver a prova.

Para obter aprovação, os candidatos deverão obter, no mínimo, 30% do total de pontos da prova objetiva. Além disso, não poderão zerar nenhuma disciplina.

A contar da data de homologação do resultado final, prevista para 12 de agosto, o certame terá validade de seis meses, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período.

Veja todos os detalhes por meio do Edital concurso IBGE 2019 – Censo Experimental.

Voltar ao topo

Deixe um comentário