scorecardresearch ghost pixel

Datas para antecipação do 13º do INSS são liberadas

As datas de pagamento da primeira parcela referente ao 13º salário de beneficiários no INSS já foram divulgadas. O prazo se estende até 10/09/19.

A antecipação no 13º salário do INSS é um dos benefícios mais aguardados por grande maioria dos beneficiários. A primeira parcela antecipada é no valor de 50% do valor total do abono anual. O período referente à antecipação do décimo terceiro para pensionistas, aposentados e segurados do INSS ocorre geralmente entre agosto e setembro de cada ano. Com essa medida, bilhões de reais são injetados anualmente na economia do país.

De acordo com a lei 8213/91, o décimo terceiro deve ser pago aos cidadãos que recebem benefícios previdenciários. O décimo terceiro é chamado também de “gratificação natalina” pelo INSS. Assim, a antecipação da primeira parcela referente ao benefício ocorre desde 2006, após um acordo realizado pelos representantes dos beneficiários.

Em 2018, a quantia liberada somou R$ 21 bilhões, valor que movimentou a economia brasileira entre os meses de agosto e setembro. De acordo cm o Governo Federal, mais de 30 milhões de benefícios foram pagos para os cidadãos.

Quem possui direito ao benefício

A confirmação da antecipação do décimo terceiro é liberada por meio de um decreto presidencial, geralmente divulgado perto da data de liberação do benefício. O decreto é liberado no Diário Oficial da União.

Para ter direito a antecipação do décimo terceiro do INSS, é necessário se enquadrar nos seguintes benefícios previdenciários:

  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-reclusão;
  • Auxílio-doença;
  • Aposentadoria;
  • Pensão por morte;
  • Salário-maternidade.

O valor do benefício é proporcional ao período anterior ao saque. Assim, quem receber o abono entre janeiro e agosto possui o 13º salário calculado de acordo com os oito meses. No caso da antecipação, o valor pago é referente a metade dessa quantia e não há cobrança de imposto de renda na primeira parcela.

O benefício não é ofertado para quem recebe o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC).

Consulta a primeira parcela

A primeira parcela do 13º pode ser consultada por meio do site do Meu INSS. Asim que entrar na página, o beneficiário deverá realizar o login e clicar em “Histórico de Crédito do Benefício”.

A parcela antecipada será paga em agosto para quem recebe o valor do salário mínimo como benefício. Para cidadãos que recebem um valor superior a esse, a parcela será paga em setembro.

Veja também: INSS passa a oferecer 90 serviços por telefone ou internet.

Datas de pagamento da antecipação em 2019

O início do pagamento da antecipação se inicia em 27 de agosto e se estende até o dia 10 de setembro de 2019. As datas de pagamento são definidas de acordo com o valor e com o número final do benefício. As datas são:

Benefício até um salário mínimo:

  • Final 1: 27/08/19;
  • Final 2: 28/08/19;
  • Final 3: 29/08/19;
  • Final 4: 30/08/19;
  • Final 5: 31/08/19;
  • Final 6: 03/09/19;
  • Final 7: 04/09/19;
  • Final 8: 05/09/19;
  • Final 9: 06/09/19;
  • Final 0: 10/09/19.

Benefício acima de um salário mínimo:

  • Finais 1 e 6: 03/09/19;
  • Finais 2 e 7: 04/09/19;
  • Finais 3 e 8: 05/09/19;
  • Finais 4 e 9: 06/09/19;
  • Finais 5 e 0: 10/09/19.

A segunda parcela referente ao décimo terceiro será paga juntamente ao benefício do mês de novembro. O valor corresponderá a diferença entre o valor total e ao valor pago na primeira parcela antecipada.

Antecipação do benefício por Bancos

Caso o beneficiário escolher antecipar o décimo terceiro por meio da Caixa Econômica Federal, basta ir até sua agência e conferir as condições para a realização da operação. É possível obter informações também pelo site da Caixa.

O Bradesco libera a quantia imediatamente para o beneficiário do INSS. Ou seja, o banco paga o valor total do benefício por meio da conta corrente, em uma única parcela em dezembro.

Além desses dois bancos, outras instituições financeiras também possuem a mesma modalidade de crédito, como no caso do Banco do Brasil, Itaú e Santander. Entretanto, é preciso que o cliente dique atento com as taxas de juros cobradas, que variam entre 1,99% a 3,19% ao mês.

Já no caso do limite dos saques, eles oscilam entre R$ 500 e R$ 20 mil, sendo liberado de acordo com a parcela líquida referente ao décimo terceiro salário.

O recomendado é que a antecipação feita pelos bancos só seja feito em caso emergência. Caso essa não seja a situação, o mais correto é aguardar até o pagamento da primeira parcela nos meses de agosto e setembro.

Para esclarecer outras duvidas, o beneficiário deve entrar em contato com a Central de Atendimento da Previdência Social, por meio do telefone 135, de segunda a sexta entre as 7h às 22h. A ligação é gratuita se realizada por telefones fixos.


Voltar ao topo

Deixe um comentário