Governo deseja criar “Semana do Brasil” com Black Friday brasileira

O intuito do governo é estimular o patriotismo durante a semana de independência do país e estimular o comércio na Semana do Brasil.

Com o avanço da Reforma da Previdência na Câmara, o Planalto busca desenvolver diversas ações na área da comunicação com o intuito de fomentar o patriotismo e melhorar a imagem do governo Bolsonaro internacionalmente. Assim, a Secretaria de Comunicação Social (SECOM) deseja promover comemorações que se iniciem no sete de setembro, de modo a estimular o comércio a ofertar descontos durante a intitulada “Semana do Brasil”.

Há duas semanas, o presidente Jair Bolsonaro foi até a embaixada dos Estados Unidos em Brasília para acompanhar a festa feita em comemoração a independência americana. O atual presidente estava acompanhado da equipe da Secretaria de Comunicação Social.

A medida está sendo inspirada no quatro de julho dos Estados Unidos, data na qual é comemorada a independência do país. Durante esse período, o varejo americano realiza diversas promoções com a finalidade de estimular as compras e movimentar o mercado financeiro do país.

Medida Implantada

No plano de ações para a Semana do Brasil, a principal medida a ser implantada é uma “Black Friday” brasileira. Assim, os comerciantes deveriam abaixar os preços de seus produtos durante a data comemorativa.

Alguns membros do governo já entraram em contato com representantes da comunidade lojista no país. Assim, foi identificado que há uma ausência de ações promocionais no mês de setembro. Com isso, os representantes governamentais propuseram aos lojistas o vínculo promocional com a semana do Brasil.

Além disso, o plano busca atingir também o setor hoteleiro de todo o país. A expectativa é que a área realize promoções na semana referida para estimular o turismo interno no Brasil.

O assunto foi tratado durante a reunião do Conselho de Governo, no dia 16 de julho. A expectativa é que o projeto seja enviado aos ministérios brevemente, visto que a equipe de publicidade do atual governo estava focada em campanhas para a Nova Previdência até então.

Dessa forma, o Planalto já iniciou a organização para a parada de Sete de Setembro, que ocorrerá em Brasília. A estimativa é que o governo gaste até R$ 1,2 milhão com desfile, na Esplanada dos Ministérios. O valor gasto no ano passado foi de R$ 817 mil.

Veja também: Nova carteira de identidade tem QR Code e unifica 12 documentos, saiba como solicitar!

Voltar ao topo

Deixe um comentário