Farmacêutica Aché recruta universitários e profissionais em diversas áreas

Aché é uma farmacêutica com sede em Guarulhos. A empresa está recrutando diversos profissionais para atuar nas mais variadas funções.

Aché é uma farmacêutica com sede em Guarulhos, no estado de São Paulo. A empresa está recrutando diversos profissionais para atuar nas mais variadas funções. Com um diversificado portfólio de mais de 250 marcas e cerca de 600 apresentações de produtos, a Aché uma das quatro maiores produtoras farmacêuticas no Brasil.

A empresa exporta para 11 países na América do Norte, América Latina e África. Quando se trata de medicamentos prescritos, o Aché é considerado líder de mercado no Brasil. A companhia emprega cerca de 3.500 pessoas nas unidades de Guarulhos e São Paulo.

História

A história do Aché começou em 1922. O francês Philipe Aché, em colaboração com o farmacêutico Juan Palma Travassos, montou um laboratório em Ribeirão Preto, São Paulo.

Em 1960, houve a construção de uma pequena fábrica em Santana, que produziu um produto para descongestionar as membranas mucosas nasais. Só depois da aquisição em 1965 por Victor Siaulys e seus sócios, que a empresa teve um grande crescimento.

Em abril de 2013, foi anunciado que algumas das maiores empresas farmacêuticas do mundo fizeram ofertas para a empresa brasileira Aché Laboratórios Farmacêuticos SA, de acordo com a Reuters.

Tanto a suíça Novartis quanto as duas empresas norte-americanas Pfizer e Abbott Laboratories estão interessadas na aquisição.

Vagas de Emprego

As vagas ofertadas abrangem diversas áreas de atuação. De acordo com informações do site Glassdoor, os ganhos na empresa podem ultrapassar os R$ 10.000, de acordo com a função e região de trabalho.

Interessados podem se inscrever pela internet, no site oficial de recrutamento. Não é cobrado taxa de inscrição dos participantes.

A seleção dos candidatos será feita pela empresa seguindo métodos específicos para cada função. Para mais informações sobre as vagas e locais de trabalho, clique aqui.

Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário