Como receber R$ 1.039 de aposentadoria sem ter contribuído com o INSS

Confira como receber R$ 1.039 de aposentadoria sem contribuir. O interessado deve ter mais que 65 anos ou possuir algumas deficiência. Para ambos os casos, ser de baixa renda.

Você sabia que é possível se aposentar sem contribuir com o INSS? O Benefício da Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/LOAS) é voltado para idosos acima de 65 anos, assim como deficientes físicos, mentais, intelectuais ou sensoriais de baixa renda.

O interessado em obter o BPC/LOAS também deve provar que não consegue participar ativamente na sociedade. Ainda mais, é necessário que a pessoa não consiga prover de sua própria manutenção, e nem de tê-la provida pela família.

Para receber o benefício não é necessário contribuir com o INSS. Mas é importante ressaltar que o beneficiado não terá direito a 13° salário ou pensão por morte. Anteriormente, esse valor correspondia a R$ 998. Porém, com o aumento do salário mínimo em 2020, passou a ser R$ 1.039.

Requisitos para solicitar o BPC/Loas

Para solicitar o BPC/Loas é necessário atender aos seguintes requisitos:

  • Ter mais que 65 anos;
  • Ser deficiente físico, mental, intelectual ou sensorial;
  • Renda do grupo familiar menor que 1/4 do salário mínimo vigente;
  • Não ter outros benefícios (exceto assistência médica).

Além disso, é necessário que tanto o cidadão quanto a sua família estejam inscritos no Cadastro Único (CadÚnico). O responsável por efetuar esse cadastro deve ter acima de 16 anos, residir na mesma casa que o interessado pelo benefício e ainda dividir gastos e renda.

Para fazer o CadÚnico, basta ir até um posto do Cadastro Único e Bolsa Família ou se encaminhar até um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). A preferência é de que o cadastro seja realizado no mês de aniversário de quem for receber o benefício. Caso a família já esteja cadastrada, basta atualizar.

Como solicitar o BPC/Loas

A solicitação do BPC/Loas é feita a distância. O comparecimento presencial só é necessário para a comprovação da condição de quem for solicitar o benefício. Tanto o idoso quanto o deficiente devem estar com o CadÚnico atualizado e solicitar o benefício pelo “Meu INSS”.

Para prosseguir com o pedido para idosos, é necessário acessar o site “Meu INSS”, realizar o login, escolher a opção “Agendamento/Requerimentos”, selecionar “Novo requerimento”, “Atualizar” (na ocasião, atualize os dados necessários), avance, pesquise a palavra “idoso” e clique na opção desejada.

A solicitação para deficientes é semelhante, mas ao invés de pesquisar a palavra “idoso”, pesquise “deficiência” e escolha o serviço desejado. Para ambos os casos, será comunicado previamente a dispensa de comprovação presencial. Além disso, todo o andamento poderá ser acompanhado na opção Agendamento/Requerimentos.

Para mais informações sobre o BPC/Loas, acesse o site do INSS.

Leia também: Veja o calendário 2020 do INSS para aposentados e pensionistas

Voltar ao topo

Deixe um comentário