Concurso PM PI: Edital com 1.040 vagas será divulgado até maio

A Polícia Militar do Piauí (PM PI) oferecerá mais de mil oportunidades para nível médio e superior. Os interessados devem estar atentos aos prazos.

Atenção interessados em prestar o concurso PM PI! O edital já está próximo de ser lançado e um novo número de vagas foi divulgado. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí (SSP-PI), foram solicitadas ao governo mais de mil oportunidades.

Anteriormente, a expectativa era de que o edital fosse publicado em maio. Mas, com as novas previsões da Secretaria de Segurança, o documento poderá ser divulgado mais cedo, em março deste ano. Além disso, foi anunciado que as vagas serão para soldados e oficiais.

Concurso PM PI 2020: Vagas

De acordo com a Secretaria de Segurança, serão oferecidas 1.040 vagas, sendo 1.000 para soldado, que tem como requisito o nível médio, e 40 para oficial, que exige a graduação em Direito. Apesar da necessidade da corporação, a quantidade de oportunidades pode mudar de acordo com o aval do governo.

Último concurso PM PI

O último concurso PM PI para soldado foi realizado em 2017. Na ocasião, foram oferecidas 400 vagas para o nível médio. As oportunidades foram para homens e mulheres. Aos aprovados, o vencimento inicial era de R$ 3.100. Os candidatos passaram pelas seguintes etapas:

  • Prova objetiva;
  • Exame de saúde;
  • Teste de aptidão física;
  • Exame psicológico;
  • Investigação social.

Houveram alguns problemas durante a seleção e por isso, determinados candidatos tiveram as provas canceladas. O certame contou com mais de 32 mil inscrições, mas apenas 331 inscritos foram aprovados.

Para mais informações, confira o edital: Edital Concurso PM PI 2017 – Soldado

Já o último concurso PM PI para oficiais, foi realizado em 2013. Foram oferecidas 30 vagas. Os candidatos, além de ter a idade mínima, que era 21 anos, precisavam ter uma graduação. Aos aprovados, o vencimento inicial foi de R$ 3.897,04.

Leia também: O que cai na prova da PM PI?

Voltar ao topo

Deixe um comentário