scorecardresearch ghost pixel

Veja quem recebe a 2ª parcela do auxílio emergencial primeiro!

Auxílio emergencial de R$ 600,00 começou a ser pago na segunda-feira, 18 de maio. Segunda parcela possui três cronogramas de pagamentos do benefício.

Os pagamentos da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600,00 começaram a serem feitos na última segunda-feira, 18 de maio. As primeiras pessoas beneficiadas com o valor são os registrados no Bolsa Família com o NIS 1. O calendário desses pagamentos são feitos segundo o número final do NIS.

Já para a população inscrita no Cadastro Único, mas que não recebe o Bolsa Família, e aqueles que se cadastraram por meio do site ou aplicativo do auxílio emergencial, a segunda parcela vai começar a ser liberada na quarta-feira, 20 de maio.

No entanto, vale destacar que o cronograma é válido apenas para as pessoas que conseguiram receber a primeira parcela até o dia 30 de abril. Os que receberam a quantia após esta data, o Governo Federal iniciará os pagamentos no dia 19 de maio e vão até o dia 29 de maio.

Mudanças na segunda parcela

Algumas mudanças foram anunciadas para o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial. Nesta etapa, todas as pessoas que não estão cadastradas no Bolsa Família irão ter o dinheiro depositado na poupança social digital da Caixa, o Caixa Tem.

A princípio, os R$ 600,00 serão liberados para pagamentos de contas e boletos on-line, além das compras por meio do cartão de débito. As funções de saque e transferências só serão disponibilizadas depois.

Calendário de pagamento

Ainda que tenha saído o calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial, muitos brasileiros ainda não receberam a primeira parcela.

Em um primeiro momento, a Caixa solicitava o prazo de até cinco dias úteis para análise dos dados. Porém, diante da alta demanda, os dias para a resposta acabaram se estendendo.

Essa análise é feita pelo Dataprev, que realiza a checagem dos dados com bases nas informações dos bancos do governo. Se forem condizentes, o auxílio é aprovado.

De qualquer modo, o calendário de pagamento da segunda parcela segue três cronogramas, veja a seguir:

Depósito em poupança social digital

  • Nascidos em janeiro e fevereiro: 20 de maio;
  • Nascidos em março e abril: 21 de maio;
  • Nascidos em maio e junho: 22 de maio;
  • Nascidos em julho e agosto: 23 de maio;
  • Nascidos em setembro e outubro: 25 de maio;
  • Nascidos em novembro e dezembro: 26 de maio.

Beneficiários do Bolsa Família

  • Número do NIS terminado em 1: 18 de maio;
  • Número do NIS terminado em 2: 19 de maio;
  • Número do NIS terminado em 3: 20 de maio;
  • Número do NIS terminado em 4: 21 de maio;
  • Número do NIS terminado em 5: 22 de maio;
  • Número do NIS terminado em 6: 25 de maio;
  • Número do NIS terminado em 7: 26 de maio;
  • Número do NIS terminado em 8: 27 de maio;
  • Número do NIS terminado em 9: 28 de maio;
  • Número do NIS terminado em 0: 29 de maio.

Saque e transferência da poupança social

  • Nascidos em janeiro: 30 de maio;
  • Nascidos em fevereiro: 1 de junho;
  • Nascidos em março: 2 de junho;
  • Nascidos em abril: 3 de junho;
  • Nascidos em maio: 4 de junho;
  • Nascidos em junho: 5 de junho;
  • Nascidos em julho: 6 de junho;
  • Nascidos em agosto: 8 de junho;
  • Nascidos em setembro: 9 de junho;
  • Nascidos em outubro: 10 de junho;
  • Nascidos em novembro: 12 de junho;
  • Nascidos em dezembro: 13 de junho.

Leia ainda: Trabalhou em 2019? Pagamento do PIS/Pasep de até R$ 1.045 começa em julho


Voltar ao topo

Deixe um comentário