Banco do Brasil libera antecipação do saque-aniversário do FGTS em até três anos

A linha de crédito permite antecipar até três anos do saque-aniversário do FGTS, no valor mínimo de R$ 1 mil, os juros são de 0,99% ao mês.

O Banco do Brasil (BB) anunciou ontem, terça-feira,28, que também já está operando na linha de crédito com garantia de antecipação do saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O empréstimo está disponível para os correntistas do banco. O crédito pode ser contratado pelo aplicativo e pela central de atendimento do BB, assim como pelo app e site do FGTS.

A linha de crédito é destinada aos trabalhadores que possuem contas no FGTS e optaram pelo saque-aniversário. A modalidade permite antecipar até três anos de saques, no valor mínimo de R$ 1 mil, os juros são de 0,99% ao mês.

As taxas de juros cobradas são iguais a da Caixa Econômica Federal e são menores do que de outras linhas de financiamento pessoal, pois o empréstimo tem como garantia o saque-aniversário.

Cobrança de juros para sacar o próprio dinheiro?

De acordo com o BB, “A liberação do crédito em conta corrente acontece depois de reserva do saldo na conta do FGTS”. Contudo, a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) vêm criticando a cobrança dessa taxa de juros.

A Federação argumenta que a Caixa está cobrando “juros para o trabalhador sacar seu próprio dinheiro”, e calcula que o brasileiro perde pelo menos 12% do valor total do saque-aniversário ao entrar na linha de crédito.

No entanto, a antecipação do saque-aniversário mediante o pagamento de juros, foi uma medida autorizada pelo Conselho Curador do FGTS. O objetivo do financiamento é oferecer uma opção de crédito a baixo juro aos trabalhadores da iniciativa privada.

Isso sobretudo nesse momento de crise causado pela pandemia, permitindo que seja liberado agora o que só poderia ser sacado daqui três anos. A linha de crédito também está sendo estudada por outros bancos.

No momento, o Itaú e Bradesco estão avaliando a medida e o Santander espera começar a operação da linha em setembro.

Condições do empréstimo pelo BB

  • Valor mínimo: R$ 1 mil
  • Juros ao mês:0,99%

Veja também: Micro e pequenas empresas inadimplentes não serão excluídas do Simples em 2020

Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário