Caixa libera 5 lotes de até R$ 1.045 do FGTS emergencial; Saiba quem recebe

Calendário de repasses, saques e transferências funciona com base no mês de nascimento do beneficiário.

Os créditos do novo saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foram liberados, até o momento, para cinco grupo de trabalhadores. Nascidos em janeiro, fevereiro, março, abril e maio já podem utilizar o valor disponível em conta para movimentações digitais.

Apenas quem nasceu em janeiro está habilitado a realizar o saque ou transferência do dinheiro. Isso porque, inicialmente, os pagamentos são feitos em poupança social digital da Caixa, que permite o uso do benefício para o pagamento de contas ou na realização de compras pelo cartão de débito virtual. A operacionalização é feita pelo aplicativo Caixa Tem.

5 lotes do FGTS emergencial foram liberados

Na tentativa de evitar filas e aglomerações nas agências, a Caixa definiu diferentes datas para a liberação do crédito em conta e para o saque em espécie ou transferência do dinheiro. Veja as datas completas do calendário a seguir:

Mês de nascimento Crédito em conta Saque ou transferência
Janeiro 29 de junho 25 de julho
Fevereiro 6 de julho 8 de agosto
Março 13 de julho 22 de agosto
Abril 20 de julho 5 de setembro
Maio 27 de julho 19 de setembro
Junho 3 de agosto 3 de outubro
Julho 10 de agosto 17 de outubro
Agosto 24 de agosto 17 de outubro
Setembro 31 de agosto 31 de outubro
Outubro 8 de setembro 31 de outubro
Novembro 14 de setembro 14 de novembro
Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

Importante: Quem não deseja receber o saque emergencial pode optar pelo desfazimento do crédito automático até 10 dias antes da data prevista para o depósito na poupança social digital. Os valores retornarão à conta do FGTS corrigidos, sem causar prejuízos financeiros ao beneficiário.

Além disso, caso não haja movimentação do valor até o dia 30 de novembro, ele será automaticamente devolvido à conta do FGTS

Limite de saque

Cidadãos com contas ativas (emprego atual) e inativas (emprego antigo) do FGTS terão direito aos saques emergenciais. O limite de retirada disponível para cada trabalhador é no valor de R$ 1.045,00. Caso haja mais de uma conta, o saque será realizado pelas contas mais antigas (inativas) e de menor saldo.

Em seguida, os saques irão para as demais contas, também começando pela que tiver menor saldo. Lembrando que o valor total não pode ultrapassar R$ 1.045,00. Dessa forma, mesmo quem possuir duas ou três contas com saldo superior a essa quantia, por exemplo, não poderá retirar além do que limite estabelecido.

Estima-se que a medida, criada para ajudar financeiramente o brasileiro durante a pandemia do novo coronavírus, movimente durante todo o calendário mais de R$ 37,8 bilhões. A expectativa é de que essa quantia chegue a aproximadamente 60 milhões de trabalhadores.

Consulta de saldo do FGTS emergencial

Para quem deseja saber mais sobre quanto tem disponível para o saque do FGTS, a Caixa disponibilizou alguns canais de atendimento. Confira:

  • Pelo site da Caixa, Internet Banking (correntistas) e APP FGTS é possível: consultar o valor do saque; verificar a data em que o recurso será creditado na poupança social, de acordo com o calendário; informar à estatal do desejo de não receber o FGTS; e realizar a solicitação de desfazimento do crédito automático na poupança social digital do benefício.
  • Pela central de atendimento Caixa 111, opção 2 é possível: realizar a consulta do valor de saque; e verificar a data em que o benefício será creditado na poupança social digital, de acordo com o calendário.

Leia ainda: FGTS: Caixa libera linha de crédito para antecipação do saque-aniversário

Voltar ao topo

Deixe um comentário