Liberada antecipação do auxílio de R$ 600 e do FGTS emergencial de até R$ 1.045

Banco Central (BC), autoridade que regula diversas atividades financeiras, permite que fintechs usem boletos ou cartões virtuais para a realização de depósitos em contas digitais.

Algumas pessoas que já receberam o auxílio emergencial de R$ 600 ou o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS emergencial) ainda não estão autorizadas a sacar o dinheiro em espécie ou transferi-lo para outras contas em razão da restrição imposta pelo governo. A regra foi criada para evitar a formação de filas e aglomerações nas portas das agências bancárias.

Mas, afinal: É possível antecipar os benefícios? A resposta é sim. Por meio das fintechs – empresas que trabalham com tecnologia na inovação e otimização dos serviços do sistema financeiro – os trabalhadores têm agora a opção de transferir os valores creditados via poupança social digital para suas contas pessoais nessas empresas, na antecipação do benefício. A partir daí, basta realizar o saque do dinheiro.

Startups como o PagBank, Nubank, Mercado Pago e PicPay são apenas alguns exemplos. Vale ressaltar que a operação não é irregular, uma vez que o Banco Central (BC), autoridade que regula diversas atividades financeiras, autorizou que fintechs usem boletos ou cartões virtuais para a realização de depósitos em contas digitais.

Como transferir o auxílio ou FGTS emergenciais para um banco digital

Veja a seguir o passo a passo de algumas instituições durante o processo de transferência dos benefícios via boleto ou cartão de débito virtual:

1 – Nubank 

Para fazer a operação com o Nubank é necessário:

  1. Acessar o aplicativo Nubank;
  2. Selecionar “depositar” e depois “depositar por boleto”;
  3. Pagar o boleto no aplicativo Caixa Tem;
  4. Aguardar até três dias úteis.

2 – PagBank 

Através do PagBank, a transferência pode ser feita via boleto ou pelo cartão digital. Pela primeira forma, demora até três dias úteis para o dinheiro cair na conta. Veja como funciona:

  1. Entre no aplicativo PagBank;
  2. Clique em “adicionar dinheiro”;
  3. Selecione “boleto bancário;
  4. Digite o valor;
  5. Pague pelo aplicativo Caixa Tem.

Já pelo cartão virtual da Caixa, o saldo é liberado instantaneamente. Pra isso é necessário:

  1. Acessar o aplicativo PagBank e clicar em “selecionar dinheiro”;
  2. Selecionar “cartão de débito virtual” e depois “adicionar novo cartão”;
  3. Informar os dados solicitados;
  4. Aguarde o PagBank fazer uma verificação de segurança;
  5. Acesse o extrato do cartão e insira os valores cobrados pelo PagBank;
  6. Selecione a opção “adicionar dinheiro”;
  7. Clique em “cartão de débito virtual”;
  8. Insira o valor desejado e continue;
  9. Conclua;
  10. Informe o código de segurança (CVV);
  11. Acesse o aplicativo da Caixa e consulte um CVV válido.

3 – Mercado Pago

O trabalhador interessado em transferir o dinheiro da conta digital para o Mercado Pago deve seguir as seguintes instruções:

  1. Abrir o aplicativo Caixa Tem;
  2. Selecionar a opção “cartão de débito virtual;
  3. Copiar os dados do cartão e gerar um código de segurança;
  4. Abrir o aplicativo do Mercado Pago e clicar em “selecionar dinheiro”;
  5. Clicar em “cartão virtual Caixa”;
  6. Informar o valor que deseja transferir;
  7. Cadastrar os dados do cartão e confirmar depósito.

4 – PicPay

Já para o PicPay, o trabalhador deve:

  1. Abrir o aplicativo PicPay;
  2. Selecionar “sua carteira” e “adicionar dinheiro”;
  3. Selecionar “cartão de débito virtual ELO”;
  4. Copiar os dados do cartão virtual do Caixa Tem e gerar código de segurança;
  5. Inserir o valor e confirmar o código.

Leia ainda: Caixa relata roubo do auxílio de R$ 600 por hackers; Veja o que fazer nesta situação

Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário