Veja 7 mudanças do atendimento do INSS durante a pandemia

Fechamento de agências levou à criação de serviços pela internet e de adaptações para atender a demanda de segurados.

Em março, as agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) fecharam para evitar a propagação de coronavírus. Agora, as unidades estão retomando aos poucos o atendimento presencial. Porém, a pandemia também levou à criação de serviços pela internet e de adaptações para atender a demanda de segurados.

Um desses serviços foi a prova de vida digital que antes não existia e que deve continuar após a quarentena. Veja todas as mudanças:

1 – Perícia médica online: o governo dará início ao projeto-piloto de perícias médicas online no próximo dia 3, terça-feira. Assim, que precisar do auxílio-doença não terá que ir até uma agência do INSS para ser atendido pelo médico perito;

2 – Pedido de auxílio-doença pela internet: segurados podem solicitar a antecipação do auxílio-doença, no valor de R$ 1.045, pelo Meu INSS até o final deste mês, apresentando atestado médico;

 3 – Crédito consignado maior: limite foi ampliado de 35% para 40%, o prazo máximo de parcelamento aumento em um ano e os juros mensais máximos caíram;

4 – Prova de vida online: o procedimento está em fase de testes, é realizado por meio dos aplicativos Governo Digital e Meu INSS. Segurado deve enviar uma foto para reconhecimento facial por meio de biometria;

5 – Suspensão de cancelamento de benefícios: desde março, o INSS não cancela ou corta aposentadorias e pensões que não passaram por recadastramento anual, a prova de vida;

6 – Adiantamento do BPC: o idoso ou deficiente que recebe o Benefícios da Prestação Continuada pode pedir o adiantamento de R$ 600 até 31 de outubro. o INSS considera a inscrição no CadÚnico para realizar o pagamento;

7 – Entrega expressa de documentos: para cumprimento de exigência, segurado que está na fila da aposentadoria pode entregar um envelope contendo cópias simples da documentação solicitada em caixas que ficam nas entradas de agências. O atendimento é de segunda a sexta-feira, entre 7h e 13h.

Veja também: Quais segurados do INSS terão direito ao 14º, caso pagamento extra seja aprovado?

Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário