Precisa de dinheiro? Saiba como fazer empréstimo usando o seu celular como garantia

Novidade contempla até classes mais baixas, como C e D.

Até pouco tempo, a burocracia ditava as regras das solicitações de empréstimo pessoal. Hoje em dia, no universo das soluções digitais e de acesso à crédito de forma facilitada, nem é preciso um grande motivo para pedir um empréstimo: organizar as finanças, pagar uma despesa não prevista, consertar o carro e até renovar a decoração da casa podem ser fatores decisivos para algumas pessoas.

Neste cenário, a SuperSim, fintech de crédito, criou um serviço que permite financiamentos pedindo aparelhos celulares como garantia. A novidade já representa cerca de 70% dos empréstimos realizados pela empresa. Outro indicador do sucesso deste empréstimo é o número de pedidos pelo serviço, que cresceu cerca de 9 vezes de janeiro a setembro deste ano. Para 2021, a previsão é de que esse número triplique.

Como funciona?

Segundo a empresa, o valor médio dos empréstimos aprovados neste formato é de R$ 600. Sua principal diferença para o empréstimo convencional é que a SuperSim pede o celular como garantia pelo valor emprestado. Mas não se preocupe! Você não precisa entregar o aparelho. Após concordar com os termos do contrato, você instala um aplicativo que permite à instituição bloquear o seu smartphone em caso de não pagamento.

É seguro?

A empresa garante que os dados dos clientes ficam totalmente protegidos: ninguém vai ter acesso ao seu celular para ler suas mensagens, acessar suas fotos ou obter qualquer outro dado que esteja em seu aparelho. Com a instalação do aplicativo, a SuperSim só tem acesso ao código que permite bloquear seu smartphone.

Para solicitar o seu empréstimo pessoal usando o seu celular como garantia, é só acessar o site da SuperSim.

Veja também: Saque emergencial Nubank permite uso de até 15% do limite do cartão de crédito; Veja como funciona

Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário