scorecardresearch ghost pixel



Bolsonaro volta a dizer que quer “se livrar” da Petrobras com privatização

Após motociata com apoiadores no Paraná, presidente Jair Bolsonaro volta a fazer declarações sobre privatização da Petrobras.



O presidente Jair Bolsonaro realizou no último sábado, 6, uma motociata com seus apoiadores na cidade de Ponta Grossa, no Paraná. Após o evento, o chefe do Executivo federal retomou o assunto de privatização da Petrobras e disse que quer se livrar” da estatal.

Leia mais: Como funciona a aposentadoria de empregadas domésticas formais e informais?

Bolsonaro vem dando diversas declarações sobre a desestatização da petroleira há algumas semanas. Segundo ele, embora não possa ser responsabilizado sobre a política de preços da estatal, a culpa do aumento nos preços dos combustíveis acaba caindo sobre ele.



Ao falar com seus apoiadores, o presidente também defendeu a necessidade de aprovação da PEC dos Precatórios. A medida prevê o parcelamento de dívidas da União que não têm mais possibilidade de recurso.

O espaço aberto no Orçamento pela adoção da medida seria suficiente para custear um aumento no valor médio do Auxílio Brasil para R$ 400. A promessa feita por Bolsonaro aos beneficiários do Bolsa Família não pôde ser cumprida em novembro, e deve ficar para 2022.

“Estamos votando aqui a tal da PEC dos Precatórios para poder realmente fazer com que o orçamento nosso funcione o ano que vem. Para dobrar o Bolsa Família, que estamos vivendo uma inflação de alimentos, uma inflação de combustíveis”, afirmou.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário