scorecardresearch ghost pixel



CadÚnico: Conheça as quatro fases do cadastro

Para se inscrever no Cadastro Único (CadÚnico) é preciso atender quatro fases que vão de entrega de documentos a aprovação dos cadastros.



Se você recebe algum benefício do governo federal sabe bem que o Cadastro Único (CadÚnico) tem regras e quatro fases que precisam ser atendidas.

Leia mais: Pensão por morte do INSS em 2022: Veja como fica

O banco de dados permite que o governo federal trace o perfil das famílias brasileiras, ou seja, indica onde vivem os mais necessitados, a quantidade de integrantes da família e dá outros detalhes.



Todas essas informações são essenciais para se pensar os benefícios e também as políticas públicas voltadas para o atendimento dessas famílias. Ou seja, é conhecendo a realidade dos brasileiros que o governo propõe melhorias e lacunas.

Quatro fases do CadÚnico

São vários os programas sociais norteados pelo CadÚnico. Podemos listar, por exemplo, o Auxílio Brasil e a Tarifa Social de Energia Elétrica, assim como o programa Casa Verde e Amarela e o Benefício de Prestação Continuada (BPC).



Além deles, outros tantos programas do governo federal dependem do cadastro. Assim, podem se inscrever as famílias com renda de até meio salário mínimo por pessoa, ou seja, de até R$ 522,50. Ou também famílias que a renda total não seja maior que três salários mínimos (R$ 3.135). Para tanto é preciso seguir todas as quatro fases de cadastro. São elas:

  • Primeiramente é feito o cadastro no sistema;
  • Depois é preciso apresentar os documentos que comprovem que você e sua família se encaixam nas regras;
  • Em seguida é a etapa da entrevista;
  • Por último, a confirmação do cadastro.


Lembrando que a inscrição no CadÚnico só é feita presencialmente, nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Já durante a entrevista, se prepare para fornecer o maior número de informações que seja, relevantes para buscar a aprovação do seu cadastro, como despesas e renda.

Para saber se o seu cadastro foi aprovado é só confirmar pelo site do Ministério da Cidadania e clicar em “emitir” para ver o status do cadastro.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário