scorecardresearch ghost pixel



Auxílio Brasil de R$ 400 está garantido até dezembro de 2022

Pagamentos do benefício complementar do programa estão garantidos pelo governo federal até o fim deste ano.



Todos os beneficiários do Auxílio Brasil estão recebendo uma parcela mínima de R$ 400 neste mês de janeiro. O valor está garantido até dezembro de 2022 pela medida provisória que cria o chamado benefício extraordinário complementar.

Leia mais: Após congelamento do ICMS, preços de gasolina e diesel aumentaram ou diminuíram?

Esse complemento é pago somente às famílias que ganham menos de R$ 400 por mês. Das cerca de 14,5 milhões de pessoas que faziam parte do programa em dezembro, aproximadamente 13 milhões se encaixavam nessa situação.

O adicional varia de acordo com o valor mensal que o cidadão recebe. Se ele ganha R$ 250 mensais com o Auxílio Brasil, por exemplo, ele tem direito a um complementar de R$ 150.



Retroativo

A promessa do valor mínimo foi feita pelo governo federal ainda em novembro, mas os repasses daquele mês não refletiram o compromisso. Sendo assim, foi levantada a possibilidade de liberação de um retroativo.

No entanto, o Ministro da Cidadania já anunciou que não será possível pagar esse complemento referente a novembro “Não, infelizmente [o retroativo não será pago]. A tramitação da PEC (dos Precatórios) só se concluiu em dezembro”, disse o ministro da pasta, João Roma.

E quem entrou em janeiro?

Neste mês, mais de 2,7 milhões de famílias foram incluídas na folha de pagamento de programa. Todas terão direito ao benefício complementar, desde que recebam menos de R$ 400 por mês.

O calendário de depósitos da nova parcela do benefício começou no dia 18 de janeiro, e vai até o próximo dia 31. Mais de 17,5 milhões de pessoas serão atendidas pelo Auxílio Brasil no primeiro mês de 2022.




Voltar ao topo

Deixe um comentário