scorecardresearch ghost pixel



Conheça a nova idade mínima para conseguir a aposentadoria do INSS em 2022

Mudanças nas regras instituídas pela reforma da Previdência terão novos reflexos na aposentadoria do INSS em 2022.



A aposentadoria do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) terá algumas mudanças neste ano, reflexo da reforma da Previdência realizada em 2019. As maiores afetadas são as mulheres, que deverão contribuir por mais tempo antes de conseguirem o benefício.

Leia mais: Aposentados e pensionistas receberão o 13º salário do INSS antecipado?

As regras antigas possibilitavam que as trabalhadores se aposentassem com 180 meses de contribuição e idade mínima de 60 anos. Agora, para ter acesso ao benefício em 2022, é necessário ter 61 anos e seis meses de idade, além de 15 anos de recolhimento.

Desde 2019, as mulheres que querem se aposentar precisam cumprir mais seis meses de contribuição. A alteração só chegará o fim em 2023, quanto a idade mínima será fixada em 62 anos.



Já para os homens, a idade mínima segue sendo de 65 anos de idade. Contudo, houveram mudanças no tempo de contribuição, veja como fica:

  • Quem já contribuía antes da reforma: ter 15 anos de contribuição ao INSS;
  • Quem passou a recolher após a reforma: ter 20 anos de contribuição ao INSS.

Novo valor das aposentadorias

Desde o dia 1º de janeiro, um novo salário mínimo está em vigência. O reajuste no piso nacional também afeta as aposentadorias, que serão corrigidas com base na inflação acumulada durante o ano passado.

Sendo assim, o piso do INSS passou de R$ 1.100 para R$ 1.212 em 2022. Já o teto, valor máximo que um segurado pode receber, foi de R$ 6.433,57 para R$ 7.076,93.




Voltar ao topo

Deixe um comentário