scorecardresearch ghost pixel



Cuidado! Cortar o glúten da dieta pode prejudicar o coração

Retirar o glúten completamente do menu com o intuito apenas de reduzir o consumo de calorias pode não ser uma boa opção. Entenda o porquê.



Alguns alimentos entram para a rol de vilões da nutrição. O ingrediente da vez tem sido o glúten, encontrado em pães, bolachas, macarrão, pizzas, cerveja e bebidas maltadas, cereais, dentre inúmeros outros produtos.

Leia mais: Atenção! Não coma estes 5 alimentos se você estiver gripado

Muitas empresas passaram a comercializar preparos sem glúten como forma de atender não só aqueles que possuem sensibilidade à substância, mas também quem deseja tirá-la de vez da dieta. Mas será que isso é uma boa decisão?

Glúten é vilão?

O glúten é um tipo de proteína presente em grãos, como o trigo, o centeio e a cevada. É comum ouvir alguém dizer que uma dieta completamente sem glúten contribui no controle do peso, dá mais energia para o corpo e melhora até mesmo o humor.



Mas a verdade é que o glúten não é um problema para a maioria das pessoas – com exceção de quem precisa cortar o alimento para tratar a doença celíaca, por conta de uma Síndrome do Intestino Irritável (SII) ou evitar complicações de uma alergia ao trigo.

Nesses casos, de fato, o glúten pode ser um verdadeiro vilão para a saúde, pois pode provocar quadros de diarreia, constipação, gases ou inchaço na barriga.

E quando o glúten não é um problema?

À parte de quem é intolerante ao glúten ou possui a doença celíaca, retirar o glúten completamente do menu com o intuito apenas de reduzir o consumo de calorias pode não ser a melhor solução.

Além de não existir comprovação de que não comer a proteína do trigo de fato emagrece, estudos recentes mostram que a falta do ingrediente pode causar danos à saúde, como problemas do coração, por exemplo.



Segundo pesquisa publicada na revista científica BMJ, de estudiosos do Massachusetts General Hospital, e da Universidade Harvard, ambos nos Estados Unidos, retirar completamente o glúten da dieta apenas com o intuito de perder peso pode aumentar as chances de doença cardíaca, principalmente quando a pessoa para de comer grãos inteiros.

O que acontece é que quem decide eliminar o glúten de vez do cardápio passam a comer pouca ou quase nenhum alimento com fonte de fibra, ideais para a prevenção de complicações cardiovasculares e no controle do colesterol e diabetes.

Portanto, é fundamental falar com um médico ou nutricionista antes de decidir retirar o glúten de vez do menu e assim aumentar os riscos de problemas no coração. Lembrando que nenhuma dieta deve ser seguida desacompanhada de um especialista.




Voltar ao topo

Deixe um comentário