scorecardresearch ghost pixel



Pix terá novidades em 2022: conheça 5 novas funções que estão chegando

Pix, o pagamento instantâneo brasileiro mais utilizado no momento, terá cinco novidades no próximo ano.



Com pouco mais de um ano, o Pix, que foi lançado em outubro de 2020, já conta com mais de 115 milhões de usuários e aproximadamente 1,2 bilhão de transações em todo o território brasileiro.

Veja também: Confira as novas regras do consignado do INSS que começam a valer a partir do dia 1º de janeiro

O sucesso dessa modalidade de pagamento se deve a facilidade e agilidade que ele oferece em comparação com os demais serviços oferecidos pelas instituições financeiras. A falta de custo para a realização das operações também é uma vantagem tanto para pessoas físicas como para empresas.



É esperado que em 2022, o Banco Central divulgue ao menos cinco novas funções para a ferramenta, confira quais são elas:

Pix offline

O Pix offline possibilitará que o usuário faça pagamentos sem precisar estar conectado à internet. Esse recurso ainda está em fase de testes e avaliação, com três tecnologias diferentes.

Pix aproximação

O Pix aproximação possibilitará pagamentos via aproximação do celular na maquininha de cartões.

Pix débito automático

Essa modalidade vai permitir que os usuários possam programar o pagamento das contas de água, luz e telefone por meio do débito automático com Pix.



Pix garantido

O Pix garantido permitirá que o usuário parcele pagamentos e também que os agende através do Pix.

Pix internacional

Uma parceria do Banco Central com países como Itália e Inglaterra poderá oferecer aos clientes a possibilidade de fazer transferências internacionais através da ferramenta. O lançamento dessa modalidade ainda não possui uma data.



Vale lembrar que, conforme informações divulgadas pelo BC em seu site, não existe um limite mínimo para pagamentos ou transferências via Pix, isso significa que os usuários podem fazer transações a partir de R$ 0,01.

Em geral, também não há limite máximo de valores. Mas, as instituições financeiras que ofertam o serviço podem estabelecer limites máximos de valor baseados em critérios de mitigação de riscos de fraude e de critérios de prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo.




Voltar ao topo

Deixe um comentário