scorecardresearch ghost pixel



Alimentos que você jamais deve deixar seu cachorro comer; veja os mais comuns

Alimentos que são prejudiciais para a saúde dos cachorros.



Você sabe exatamente como deve se alimentar para se manter saudável, mas às vezes acaba comendo o que não deve e prometendo a si mesmo que não vai comer alimentos não tão bons para o seu corpo novamente.

Veja também: Conheça as 4 raças de cachorros mais antigas do mundo

Você pode ter passado por isso algumas vezes, comendo muito de forma saudável às vezes, comendo mais industrializados do que gostaria de admitir aos outros em outras. O fato é que é você quem decide como irá se alimentar. Você pode escolher o que, quando e onde comer. Seu cão, por outro lado, não tem essa escolha.

Você, o dono do animal de estimação, é o único responsável pela saúde e bem-estar do seu cão. Isso significa que, além de alimentá-lo com uma dieta saudável e equilibrada, que você deve se certificar de que ele não está comendo o que não deve.



Às vezes é fácil pensar que um alimento saudável para nós humanos (como o abacate, por exemplo) seria um alimento também saudável para nossos cães.

Mas há muitos alimentos que, apesar de não serem tóxicos para os humanos, são para os animais, e cabe a nós garantirmos que nossos queridos animais de estimação não experimentem nenhum deles.

Confira uma lista de dezenas de coisas que seu cão nunca deve comer

Chocolate: o chocolate contém uma substância muito tóxica chamada metilxantinas, estimulantes que podem interromper o processo metabólico de um cão. Mesmo um pouco de chocolate, especialmente chocolate amargo, pode causar diarreia e vômitos. Uma grande quantidade pode causar convulsões, função cardíaca irregular e até morte.

Abacate: cada parte da fruta tem um ácido graxo chamada persina, tóxica para o seu pet se consumida em excesso.



Cebola e alho: muito consumidos na dieta humana, esses amados vegetais podem causar anemia em seu cão matando seus glóbulos vermelhos. Até mesmo uma quantidade pequena pode ser prejudicial à sua saúde.

Uvas e uvas-passas: comer esta fruta aparentemente inocente (na forma fresca ou seca) pode causar insuficiência renal em cães.

Leite e outros produtos lácteos: enquanto os cães podem beber leite de suas mães, qualquer outro tipo de leite (vaca, cabra etc.) poderia deixá-los doentes. Existem açúcares e ácidos graxos que os cães não têm as enzimas para digerir adequadamente.

Macadâmia: embora ainda não se saiba exatamente qual é a substância presente nessas nozes venenosas para os cães, o fato é que elas são muito tóxicas.

Alimentos e bebidas açucaradas: não deixe seu cão comer nada rico em açúcares processados. O mesmo que acontece com as pessoas quando ingerem muito açúcar, acontecerá com o seu cão: ganho de peso, cárie dentária e até diabetes.



Cafeína: ela contém um estimulante tóxico para os cães. Enquanto você pode desfrutar de uma xícara matinal de café, seu cão deve ficar somente com uns bons goles de água.

Massas com fermento: se comido cru, isso pode inchar e fermentar no estômago do seu cão. A fermentação pode causar intoxicação por álcool, e o aumento esticará o estômago do seu filhote até o ponto de dor. Então, da próxima vez que você fizer uma pizza caseira, evite dar os pedaços de massa que sobraram ao seu cão!

Sal: muito sal pode levar à desidratação e até envenenamento por íons de sódio. Um pouco de sal é bom, mas esteja ciente de quanto o seu cão ingere, para manter a quantidade no mínimo.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário