scorecardresearch ghost pixel



Estes roteadores estão colocando pessoas em risco, diz Agência Americana

Uma agência de segurança digital dos Estados Unidos da América (EUA) emitiu alerta sobre perigos graves em utilizar alguns modelos de roteadores D-Link; veja quais:



Um alerta emitido recentemente por uma agência de segurança digital norte-americana deixou muitas pessoas em alerta. A Agência de Ciberssegurança e Segurança de Infraestrutura dos Estados Unidos da América (CISA) alertou sobre os antigos roteadores D-Link. Alguns modelos podem proporcionar brechas que permitem a execução remota de códigos. Em outras palavras, são dispositivos que colocam a segurança de suas informações em risco.

Veja também: Por que a soneca do iPhone dura apenas 9 minutos? Desvende o mistério

O problema é que muitas pessoas pelo mundo inteiro, inclusive no Brasil, ainda utilizam alguns dos modelos citados pela agência. De acordo com a CISA, o problema é bastante grave, já que a D-Link já não atualiza mais nenhum dos produtos listados. O código do erro, a título de curiosidade, é o CVE-2021-45382.



Confira quais roteadores D-Link oferece perigos

Se você possui e ainda utiliza alguns dos roteadores D-Link listados abaixo, a recomendação é que se livre do produto o quanto antes. Ele realmente pode colocar a segurança da sua conexão em risco. Hackers e oportunistas poderão ter acesso bem fácil aos arquivos e dispositivos que estão conectados por um desses componentes.

Confira quais são os modelos de roteadores afetados:

  • DIR-810L;
  • DIR-820L/LW;
  • DIR-826L;
  • DIR-830L
  • DIR-826L.

Todos os modelos de roteadores citados foram lançados entre os anos de 2012 e 2014. Eles eram baseados nos padrões 802.11n e 802.11ac. Os hardwares eram produzidos pelas empresas Realtek e a Ralink (que hoje se tornou MediaTek).



Roteadores antigos da D-Link podem trazer riscos

Como informado anteriormente, esses roteadores possibilitam que pessoas acessem sua conexão remotamente. Porém, não é apenas isso, quem conseguir invadir os códigos pelos roteadores terá acesso direto ao seu dispositivo. Pode ser que um hacker do outro lado do planeta roube as suas informações, por exemplo.

O pior de tudo é que uma prova de que os roteadores são inseguros está disponível para qualquer pessoa na GitHub. Assim, uma pessoa mais curiosa vai conseguir encontrar um verdadeiro passo a passo na internet facilmente.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário