scorecardresearch ghost pixel



Microcrédito Caixa: das 600 mil pessoas físicas que pediram, 499 mil estavam com nome sujo

Segundo a Caixa, cerca de 602 mil brasileiros já contrataram o microcrédito SIM Digital. A maior parte é formada por negativados.



Cerca de 602 mil brasileiros contrataram o microcrédito SIM Digital, destinado aos empreendedores pessoas físicas e no valor de até R$ 1 mil. O empréstimo é 100% digital e liberado inclusive para quem está negativado. De acordo com a Caixa Econômica Federal, 83% dos contratos liberados são para pessoas com o nome sujo.

Leia mais: Empresas adotam novos benefícios para o home office

O microcrédito SIM Digital foi lançado em 28 de março. O empréstimo oferece boas taxas de juros por ter mais garantias. Isso porque o crédito conta com o Fundo Garantidor de Microfinanças (FGM).

Microcrédito SIM

O programa recebeu um aporte de R$ 3 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Pelas garantias de pagamento, o SIM Digital tem juros a partir de 1,95% ao mês. De acordo com os dados divulgados pela Caixa Econômica, do total de 602 mil contratos liberados até agora, 499 mil foram para os negativados.



 

Dessa forma, o programa tem conseguido atender ao grande objetivo de oferecer uma nova oportunidade para quem quer iniciar ou melhorar o próprio negócio. A Caixa Econômica também divulgou a média de valores contratados.

O microcrédito SIM Digital libera empréstimos entre R$ 300 e R$ 1 mil. Para os negativados, a média nacional está em R$ 778,31. Um pouco acima de quem não tem restrições, com média de R$ 735,50.

O prazo para pagar o microcrédito é de até 24 meses. Ou seja, dois anos após a contratação. Pela regra, o interessado não precisa enviar comprovante de endereço e nem de renda.



 

A contratação é por meio do aplicativo Caixa Tem. A Caixa tem até 10 dias para analisar o pedido de empréstimo e retornar uma resposta ao solicitante. Se o microcrédito for liberado, o dinheiro será disponibilizado por meio da Poupança Digital +.

Além disso, o crédito vale para pessoa física e também para quem é Microempreendedor Individual (MEI). Nesse último caso o pedido é feito presencialmente nas agências da Caixa.




Voltar ao topo

Deixe um comentário