scorecardresearch ghost pixel



13º salário do INSS: quem não vai receber a 2ª parcela?

Pagamento do abono natalino de aposentados e pensionistas do INSS foi antecipado para os meses de abril e maio.



Cerca de 31 milhões de aposentados, pensionistas e beneficiários de outros auxílios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) já receberam a primeira parcela do 13º salário. A partir da próxima semana, começa o pagamento da segunda cota do benefício.

Leia mais: 14º salário do INSS: projeto do abono extra pode ser analisado nos próximos dias

O calendário começa no dia 25 de maio para os segurados que recebem um salário mínimo, e em 1º de junho para quem ganha acima do piso nacional. Neste ano, os repasses foram antecipados para as competências de abril e maio.



Diferenças entre as parcelas

A primeira parcela do abono natalino equivale a 50% da renda mensal do cidadão, sem nenhum desconto. Já a segunda pode ter abatimentos, como o Imposto de Renda.

No caso de segurados com até 64 anos de idade, o Imposto de Renda incide sobre o salário de quem ganha mais de R$ 1.903,98 mensais. Para aqueles com 65 anos ou mais, somente quem recebe acima de R$ 3.807,93 por mês precisa pagar o tributo.

Também vale destacar que teve o benefício do INSS concedido após janeiro receberá o 13º salário proporcional a número de meses em que será contemplado com renda neste ano.

Quem não tem direito?

Apesar de ser divido em duas parcelas, o 13º salário configura um único direito dos segurados. Desta forma, todos os que receberam a primeira cota terão acesso à segunda nos próximos dias.



O benefício é pago a todos os aprovados em programas previdenciários, mais não inclui quem recebe benefício assistencial. Ou seja: o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a Renda Vitalícia, por exemplo, não geram o abono natalino. 

Calendário do 13º salário do INSS

A liberação ocorre de acordo com o número final do cartão de benefício, sem considerar o dígito após o traço. Confira o calendário completo da segunda parcela:

  • Para quem ganha até um salário mínimo
Final do benefício Data de pagamento
1 25 de maio
2 26 de maio
3 27 de maio
4 30 de maio
5 31 de maio
6 1 de junho
7 2 de junho
8 3 de junho
9 6 de junho
0 7 de junho
  • Para quem ganha acima de um salário mínimo
Final do benefício Data de pagamento
1 e 6 1 de junho
2 e 7 2 de junho
3 e 8 5 de junho
4 e 9 6 de junho
5 e 0 7 de junho




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário