scorecardresearch ghost pixel



Atenção: Termina amanhã o prazo para emitir ou regularizar o título de eleitor

Todos os procedimentos relacionados ao documento, como a emissão pela primeira vez, por exemplo, podem ser feitos pela internet.



Os brasileiros que querem votar nas eleições 2022 devem correr. Isso porque o prazo legal dado pela Justiça Eleitoral para emitir ou regularizar o título de eleitor termina na próxima quarta-feira, 4.

Leia mais: BK oferece lanche a R$ 6 para quem apresentar título de eleitor

A medida é necessária para que a instituição conclua o cadastro de todo o eleitorado apto a votar em outubro. O prazo também se aplica para quem quiser transferir o domicílio eleitoral, na troca do município de votação, ou incluir o nome social no título de eleitor (no caso de travestis e pessoas transexuais).

Quem também deve se atentar à data são os idosos e pessoas com mobilidade reduzida que querem solicitar a transferência do local de votação para uma seção mais próxima e acessível.7



 

Atendimento virtual

Com a proximidade do fim do prazo para emitir ou regularizar o título, que gera aumento no fluxo dos atendimentos, a Justiça Eleitoral decidiu ampliar o horário de funcionamento dos cartórios eleitorais.

Contudo, todos os procedimentos relacionados ao título de eleitor, incluindo o processo de emissão do documento pela primeira vez, podem ser feitos de forma 100% online, sem que o cidadão tenha que sair de casa.

Como regularizar o título de eleitor pela internet

Sem precisar sair de casa, o indivíduo pode resolver pendências relacionadas ao título, por meio do Atendimento Online ao leitor.



 

Ele precisará ter em mãos seus documentos pessoais, como o RG e o Cadastro de Pessoa Física (CPF). Em alguns casos, a pessoa terá que tirar fotos do rosto e da documentação para ter acesso a determinados procedimentos.

Pela internet, também é possível pagar multas eleitorais atrasadas e pedir a revisão de dados, em se tratando de títulos cancelados. Isso geralmente acontece quando o eleitor que se enquadra nos critérios de obrigatoriedade do voto deixa de votar em uma eleição sem justificar sua ausência.




Voltar ao topo

Deixe um comentário