scorecardresearch ghost pixel



Auxílio Emergencial: 5 parcelas confirmadas no valor de R$ 600 em 2022

Pagamentos funcionam como um compensação financeira aos beneficiários que não receberam o valor correto do benefício em 2020.



O governo federal realiza neste mês de maio o pagamento do chamado “auxílio emergencial retroativo“. De antemão, é preciso destacar que não se trata de uma prorrogação, mas uma compensação financeira aos beneficiários que deveriam ter recebido a mais pelo programa em 2020.

Leia mais: Pagamentos do auxílio de R$ 451 retornam em breve. Você tem direito?

Dessa forma, são oferecidos novos pagamentos aos pais solteiros chefes de família monoparental. O grupo recebeu apenas a cota simples do benefício entre os meses de abril e agosto de 2020, no valor de R$ 600. Em contrapartida, mães solo na mesma condição tiveram acesso à cota dupla, no valor de R$ 1,2 mil.

O pagamento simples se deu após um veto do presidente Jair Bolsonaro (PL) inviabilizar a cota dupla aos homens com filhos menores de idade e que não tinham companheira ou cônjuge para ajudar nas despesas da casa. Entretanto, o Congresso Nacional derrubou a decisão do governo, autorizando os repasses dos atrasados do auxílio emergencial.



Qual o valor do auxílio emergencial retroativo?

O valor do retroativo oferecido no programa varia entre os beneficiários. O que acontece é que a compensação é feita com base na quantidade de parcelas recebidas pelo pai solteiro entre agosto e abril de 2020.

Sendo assim, têm-se o seguinte cenário:

  • Quem recebeu as cinco parcelas tem direito a R$ 3 mil;
  • Quem começou a receber em maio tem direito a R$2,4 mil;
  • Quem começou a receber os pagamentos em junho tem direito a R$ 1,8 mil;
  • Quem começou a receber os pagamentos no mês de julho tem direito a R$ 1,2 mil;
  • Quem começou a receber o auxílio em agosto tem direito a R$ 600.

Vale destacar que a liberação dos recursos é feita em cota única.

Como consultar o auxílio emergencial em 2022?

O governo federal liberou um canal de consulta do auxílio emergencial retroativo. Por ele, o cidadão sabe se cumpre com os critérios de elegibilidade do programa e se possui saldos a receber.

Basta acessar o site desenvolvido pela Dataprev, que é a empresa de tecnologia da Previdência Social. O login deve ser feito com uma conta Gov.br.




Voltar ao topo

Deixe um comentário