scorecardresearch ghost pixel



Conheça os alimentos que prejudicam o cérebro

Certos alimentos podem prejudicar muito a saúde cerebral. Conheça os alimentos que prejudicam o cérebro.



Se você está em processo de preparação para realizar sua prova, sabe que precisa estar com a mente saudável para um melhor rendimento nos estudos e melhor memorização das matérias. Não adianta ficar longas horas estudando, se não estiver com o cérebro saudável para absorver as informações necessárias.

Veja também: Aprenda a fazer chá de amendoim para tomar no frio

Desta forma, cuidar da saúde é fundamental. Comer alimentos que potencializam a atividade cerebral faz toda diferença. Porém, tem vezes que o concurseiro está tão focado nos estudos e descuida da alimentação, o que acaba sendo um tiro no pé, pois certos alimentos podem prejudicar muito a saúde cerebral.

Conheça os alimentos que prejudicam o cérebro

Batata frita

Não importa se é congelada, em chips ou aquela que você come no seu restaurante favorito, a batata frita tem concentrações altas de gorduras saturadas, responsáveis pelo aumento de peso, aumento da pressão arterial, além de aumentar o colesterol, que faz com que o cérebro seja prejudicado, já que o acúmulo de placas de gorduras provoca má circulação.



Sorvetes

Quem diria que essa delícia é um grande vilão para a saúde cerebral. O sorvete industrializado possui grandes quantidades de gorduras trans, corantes e saborizantes artificiais perigosos à saúde. Além de possuir muito açúcar. Esse conjunto de ingredientes prejudicam não somente o cérebro como o sistema nervoso central.

Biscoitos recheados

Estudos destacam que biscoitos recheados são tão viciantes quanto a cocaína ou a morfina. Esses industrializados são um perigo à saúde, pois aumentam as taxas de colesterol, engordam, aumentam os riscos de diabetes entre outros malefícios. Então, já sabe, é melhor evitar!



Doces industrializados

Evite comer doces industrializados pelos mesmos motivos que deve evitar o consumo de biscoitos recheados. São ricos em substâncias que alteram os neurotransmissores cerebrais como a dopamina. Os riscos de aumento de colesterol, AVC e problemas cardíacos se elevam quando ingerimos com regularidade esses alimentos.

Para turbinar seu cérebro prefira alimentos naturais, ricos em nutrientes como vitaminas, ômega 3, luteína e minerais. Coloque mais frutas em seus intervalos de estudo e busque alimentar-se com comida de verdade. Essas práticas farão diferença em sua produtividade e melhorarão sua cognição e, claro, aumentarão as chances de ser bem-sucedido no edital.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário