scorecardresearch ghost pixel



Empréstimo Caixa Tem: Quais as regras para receber até R$ 3.000 na conta?

Com taxas de juros mais baixas e maior prazo para pagar, novas modalidades de crédito da estatal têm feito sucesso entre os brasileiros.



A Caixa Econômica Federal continua com as liberações do empréstimo para negativados de até R$ 3 mil. O programa de microcrédito oferecido pelo banco foi desenvolvido tanto para pessoas físicas quanto pessoas jurídicas que atuam na modalidade de Microempreendedor Individual (MEI).

Leia mais: Motivos que bloqueiam o empréstimo no Caixa Tem

Na primeira opção, para pessoas físicas, o valor liberado varia entre R$ 300 e R$ 1 mil, com solicitação direta pelo aplicativo Caixa Tem. Já a segunda modalidade, que visa o público de pessoas jurídicas, oferece limite entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil, com o envio do pedido feito de forma presencial em agências da Caixa.



Condições para solicitar o empréstimo

Veja a seguir as condições necessárias para contratar o serviço:

Pessoa Física

  • Pessoas Físicas que querem dar início ou expandir seu negócio. Beneficiários do Auxílio Brasil podem participar;
  • Estar enquadrado nas regras do Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital);
  • Ter acesso a uma Poupança Digital+, via Caixa Tem;
  • Ter menos de R$ 3 mil  em dívidas bancárias em 31 de janeiro de 2022, com exceção de financiamentos habitacionais e limites não utilizados;
  • Ter o cadastro atualizado no Caixa Tem;
  • Ser aprovado na análise de crédito.

MEI

  • Possuir uma Conta Pessoa Jurídica Caixa;
  • Ter menos de R$ 3 mil em dívidas bancárias em 31 de janeiro de 2022, com exceção de financiamentos habitacionais e limites não utilizados;
  • Ser aprovado na análise de crédito da Caixa;
  • Ser Microempreendedor Individual (MEI) com 12 meses ou mais de atividade/constituição;
  • Ter faturamento anual menor que R$ 81 mil;
  • Também estar enquadrado nas regras do SIM Digital.


Taxas de juros e prazo para pagar

O empréstimo Caixa é mais barato em comparação a outros serviços disponíveis no mercado. No caso de pessoa física, a taxa de juros cobrada é a partir de 1,95% ao mês e prazo de até 24 meses para pagar.

Do lado oposto, no crédito para MEI, os juros são a partir de 1,99% ao mês e prazo de pagamento também de 24 meses. Em ambos os cenários são aceitas solicitações de negativados, ou seja, pessoas com o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.




Voltar ao topo

Deixe um comentário