scorecardresearch ghost pixel



Se você é MEI fique atento a esses motivos fazem seu CNPJ ser cancelado

Apesar da abertura de um cadastro no Portal do MEI, existem algumas responsabilidades que os empreendedores acabam esquecendo e alguns fatores podem resultar no seu cancelamento.



O registro de Microempreendedor Individual garante às pessoas que têm negócios iniciantes ou pequenos alguns benefícios como o INSS e emissão de nota fiscal como pessoa jurídica. Pagando uma quantia de até R$60 mais o imposto de ISS ou ICMS, esses direitos são reservados, formalizando a atividade profissional. Além disso, é possível obter consultorias e crédito com juros menores

Veja também: INSS pode suspender benefício de cidadão: veja quando

4 motivos que podem fazer você perder a sua certificação de 

Atrasar o pagamento dos boletos 

A emissão do DAS – MEI gera um boleto a ser pago pelos serviços da Receita Federal e caso contabilize muitos atrasos pode bloquear o seu acesso ao sistema e desativar o CNPJ.





Ultrapassar o limite do faturamento 

O regime tributário de uma empresa pode mudar de acordo com o seu crescimento, então se o faturamento anual passar de R$ 81 mil, mais ou menos R$ 6750,00 mensais, o empreendedor deverá alterar sua situação. Caso não regularize as condições atuais do negócio, multas e até a interrupção da atividade podem ocorrer.

Vínculos diversos 

O Microempreendedor Individual não pode ser sócio de outras empresas além da sua. Ainda sim é possível trabalhar com carteira assinada.

Atividades proibidas 

Algumas profissões, apesar de autônomas, não estão prescritas na regulação do MEI, entre elas, estão DJ, dono de bares e locais de eventos, professor particular, instrutores de qualquer tipo de conhecimento, cantores, astrólogos, humoristas, etc.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário