scorecardresearch ghost pixel



Imóveis: governo vai aumentar subsídio para famílias de baixa

O governo federal anunciou que vai aumentar o subsídio para o financiamento de imóveis das famílias de baixa renda. Confira a previsão.



O governo federal anunciou que vai aumentar o subsídio para as famílias de baixa renda interessadas em financiar um imóvel. A previsão é que a medida passe a valer em breve. Apesar disso, a mudança deve ser por tempo determinado. Veja qual a meta do governo.

Leia mais: Fonte de energia e bom para pele: benefícios incríveis do aipim para você

A expectativa é que o subsídio comece a valer em junho deste ano. E o alívio para as famílias de baixa renda deve seguir até 31 de dezembro. Com isso, a meta é atingir 400 mil financiamentos até o final de 2022.

Subsídio para famílias de baixa renda

Pelos dados divulgados agora pelo governo federal, o subsídio aumentará entre 12,5% e 21,4%. Será mais uma forma de ampliar o acesso das famílias de baixa renda ao programa habitacional Casa Verde Amarela.



Com previsão de aumento da demanda, o governo já estuda formas de ampliar a quantidade de moradias pelo programa. O incentivo chega em meio a um cenário de queda no financiamento de imóveis, por conta da taxa Selic e das dificuldades enfrentadas por grande parte das famílias brasileiras.

O total do subsídio para quem é de baixa renda será de acordo com a região onde a família vive. A renda da família também será considerada. O benefício foi puxado, principalmente, pelo resultado de um levantamento feito em 196 cidades brasileiras.

Os dados mostraram queda de pelo menos 40% em novos lançamentos. Entre os motivos está o aumento no preço dos materiais de construção e a queda no poder de compra das famílias.



O levantamento foi feito pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional), em parceria com a Brain Inteligência Estratégica.

Apesar disso, o Ministério do Desenvolvimento Regional apontou que cerca de 350 mil famílias conquistaram a casa própria no ano passado, por meio de financiamento.




Voltar ao topo

Deixe um comentário