scorecardresearch ghost pixel



Kit antena para inscritos no CadÚnico: Saiba como vai funcionar

Novo equipamento terá um receptor de compressão de áudio e vídeo que vai melhorar a qualidade de som e imagem de transmissões.



Além de benefícios de transferência de renda, como o Auxílio Brasil e Benefício de Prestação Continuada (BPC), cidadãos inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) que utilizam a antena parabólica (TVRO) podem receber um novo kit antena e melhorar a captação de sinal.

Leia mais: Veja como se inscrever e deixar os dados atualizados no CadÚnico

Os kits, que servirão para renovar os aparelhos anteriores, terão um receptor de compressão de áudio e vídeo. Na prática, isso permitirá que a família tenha uma maior qualidade de som e imagem.

Kit antena para inscritos no CadÚnico

Hoje em dias, milhões de famílias no Brasil – mais especificamente 20 milhões – recorrem ao sinal de televisão aberta e gratuita da Banda C para acessar canais. No entanto, em breve, essa faixa de frequência será transferida para a Banda Ku.



O intuito é não haver interferência na faixa de 3,5 GHz, que está reservada para o sinal 5G, com uma frequência mais elevada e que será implementada em todas as capitas do país a partir de junho. Aproximadamente 10,5 milhões de inscritos no CadÚnico deverão receber os equipamentos para essa atualização.

Quando os kits começam a ser distribuídos?

A liberação dos kits deve começar de forma gradual, à medida que os novos recursos vão sendo usados para garantir que as pessoas que utilizam a televisão via satélite, ao ar livre, não fiquem sem a transmissão de sinal.

Em relação à transferência da Banda C para a Ku, com o intuito de liberar a frequência para o 5G, a migração deve acontecer conforme previsto no edital.

Sendo assim, a previsão é de que a nova banda larga móvel comece a operar no país a partir do dia 30 de junho em algumas cidades, como capitais, por exemplo. O objetivo é que em 2023 o sinal já esteja operando em cidades com mais de 500 mil habitantes e assim por diante, até a conclusão do cronograma, estimado para 2026.




Voltar ao topo

Deixe um comentário