scorecardresearch ghost pixel



Pesquisadores encontram animal gigante nos Alpes Suíços

Durante a construção da história humana, o fascínio pelos animais sempre esteve presente, porque os materiais arqueológicos nos museus oferecem respostas sobre a os fenômenos da natureza e a transformação da vida.



Os fósseis são os resquícios orgânicos identificados para ajudar especialistas a estudar o que ocorreu no passado. Um dos assuntos ainda intrigantes com certeza é o dos dinossauros, extintos de alguma forma, deixando apenas seus ossos decompostos.

Durante uma expedição nos Alpes Suíços, foram encontrados vestígios de determinada espécie que existiu há 200 milhões de anos e pode não representar o animal mais antigo, mas em relação ao tamanho, um dos maiores. 

Veja também: Superbactéria encontrada em porcos pode chegar a humanos, diz estudo

Denominados ictiossauros, sua proporção em relação a outras descobertas na paleontologia, chamou a atenção da comunidade acadêmica.



Apresentando uma coluna de 15 metros e dentes com 6 cm de largura e 15 cm de comprimento, seu corpo poderia ocupar um grande espaço. As observações foram publicadas no Journal of Vertebrate Paleontology, em nome da Universidade de Bonn, na Alemanha. 

Como era o ecossistema que os ictiossauros pertenciam?

O mundo passou por constantes mudanças, então não havia seres humanos na época em que esses gigantes viviam. Mas o cenário era hostil, como se o tempo todo ocorressem terremotos pela movimentação das placas tectônicas. Vivendo no mar, parte da sua estrutura óssea foi encontrada em cima de formações rochosas exatamente por esses desníveis. Enquanto o solo se eleva formando as montanhas, o fóssil fica na superfície.

As primeiras identificações foram datadas em 1980 na Universidade de Zurique e isso intriga os participantes do relatório atual. Por que os paleontólogos responsáveis não procuraram se aprofundar? Talvez algum detalhe tenha passado despercebido e subestimaram os materiais coletados. Portanto, agora é o momento de aproveitar a oportunidade de reconstruir a imagem do maior animal de todos. 




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário