scorecardresearch ghost pixel



Pessoas que usam iPhone são piores motoristas do que aquelas que usam Android

Parece engraçado, mas a relação entre o modelo de smartphone e os hábitos na hora de dirigir é real e incentivou uma pesquisa concreta.



O comportamento humano é fortemente influenciado pela tecnologia e de acordo com as ferramentas, desempenham bem ou mal determinadas atividades.

Uma pesquisa realizada pela Jerry, empresa norte-americana que compara serviços de automóveis, observou as vantagens de quem usa o Google Maps do Sistema Android. A correlação inusitada gerou dúvidas no início, mas os estudos comprovaram que o público da Apple perdia em questão de qualidade ao dirigir um carro. 

Veja também: WhatsApp em dois celulares será possível, mas limitado

Os critérios observados na análise foram a direção geral segura, direção distraída, velocidade, curvas, frenagem e aceleração. A maior diferença foi em relação à distração, no qual usuários de iPhone marcaram 68 pontos e os de Android 74 pontos. O sistema iOS da Apple perdeu em todos os requisitos. 



O que explica essa diferença entre motoristas que usam iPhone ou Android? 

O resultado fica ainda mais surpreendente quando se observa que independente de sexo, idade, estado civil e educação a conclusão permanece a mesma.

Isso quer dizer que mesmo comparando o grupo que tem iPhone e melhores condições de vida com motoristas sem educação superior e grandes salários, a pontuação continua favorável ao Android. Então a  resposta pode estar no perfil de consumidor desses produtos. 

Quem adquire celulares iPhone costuma ser jovem e menos experiente, apresentando comportamentos mais imprevisíveis. Nesse caso, foi observada uma preocupação excessiva com o status e tendência à desatenção. Ao contrário daqueles que possuem aparelhos mais baratos, com o auxílio do Google Maps e personalidade mais controlada. 




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário