scorecardresearch ghost pixel



Casa Verde e Amarela: Qual o valor de entrada para um financiamento?

Iniciativa foi criada em substituição ao Minha Casa Minha Vida. Previsão é beneficiar cerca de 1,2 milhão de famílias em 2022.



Na tentativa de conter o déficit habitacional de famílias de baixa renda, que enfrentam dificuldade em conseguir uma moradia digna, o governo federal oferece o programa Casa Verde e Amarela. A iniciativa foi criada em substituição ao Minha Casa Minha Vida.

Leia mais: FGTS 2022: Caixa libera até R$ 1.000 para mais de 3,2 milhões de pessoas nesta semana

Para 2022, a previsão é beneficiar cerca de 1,2 milhão de famílias. São atendidas aquelas com renda mensal entre R$ 2 mil e R$ 7 mil, com foco na realização do sonho da casa própria e em melhoria das questões habitacionais.



Qual o valor de entrada do Casa Verde e Amarela?

Desde o lançamento do programa, é comum existir a seguinte pergunta: qual o valor de entrada para um financiamento pelo Casa Verde e Amarela? No geral, não existe um valor fixo ou pré-determinado na lista de regras do programa. O cálculo que vai definir essa questão envolve alguns fatores, que são analisados durante a simulação da contratação.

Dentre eles podemos destacar a renda mensal do trabalhador, o número de pessoas que trabalham na casa, quantas delas vão participar dos custos do financiamento, se o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) será utilizado, além das contas e cobranças que comprometem a renda mensal da família.

Simplificação do valor de entrada para um financiamento

Buscando facilitar essa negociação para o financiamento imobiliário pelo Casa Verde e Amarela, o deputado federal Zé Vitor (PL-MG) apresentou um projeto de lei que propõe um percentual máximo de entrada para quem deseja financiar uma moradia através do programa habitacional do governo.



Segundo a proposta, o pagamento inicial deve girar em torno de 5% a 10% do valor total do imóvel, além de considerar a faixa de renda que o cidadão beneficiário possui. Atualmente, o texto ainda segue em tramitação na Câmara dos Deputados em caráter conclusivo, devendo ser apreciado por outras comissões em breve.

Para acompanhar a tramitação da proposta, acesse o site da Câmara dos Deputados.

Vale destacar que o volume de contratações de financiamentos pelo Casa Verde a Amarela caiu pela metade. Entre janeiro e abril deste ano, foram firmados 68,8 mil acordos, 51% a menos em comparação ao mesmo período de 2021.

O principal agente para essa redução é a inflação, pois as construtoras acabam repassando o aumento nos custos para o preço final das moradias. No geral, isso faz com que muitas famílias deixem de ir atrás do programa, tudo por conta do valor, que passa a atingir níveis inviáveis para o bolso de boa parte da população.




Voltar ao topo

Deixe um comentário