scorecardresearch ghost pixel



Descubra se estão tentando invadir seu celular e ver suas informações

Confira algumas formas simples que você pode utilizar para saber se alguém tentou invadir as informações que estão presentes no seu celular. Fique de olho para garantir mais privacidade.



Será que alguém está tentando espionar seu celular ou acessar suas informações presentes nos aplicativos? Confira algumas formas de descobrir isso para começar a se proteger contra os bisbilhoteiros de plantão.

Veja também: WhatsApp GB pode ser o motivo pelo qual sua conta foi banida

Aplicativos para tirar foto do espião de celular

Existem alguns aplicativos que foram desenvolvidos para tirarem fotos dos espiões do seu celular. De um modo geral, eles revelam quem tentou entrar no seu aplicativo assim que a tela é desbloqueada. A foto é enviada por e-mail, além de ficar armazenada na galeria. Alguns exemplos são: ThirdEye, CrookCatcher.



Outros apps anti-invasores de celular

Existem alguns aplicativos que também podem disparar alarmes sempre que seu aparelho for invadido. Basta programar as configurações como bem entender. Um bom exemplo é o “Não toque no meu celular!”. Ele vai enviar alertas para e-mail e para outros dispositivos, se assim você preferir.

Além disso, existem aplicativos que podem bloquear senhas e informar se alguém tentou forçar uma senha na hora de acessar o celular. Isso serve para saber que, de fato, tem alguém tentando acessar suas informações pelo celular.

WhatsApp Web pode ajudar a detectar invasores

Certamente, ao usar o WhatsApp, você já teve alguma sensação de estar sendo espionado. Alguns usuários, inclusive, desconfiam de pessoas próximas. Neste caso a dúvida que surge é: como saber se estou sendo rastreado? Primeiramente, vale destacar que acessar informações pessoais sensíveis de outras pessoas é crime. Portanto, não importa se é um amigo ou parente, o espião sempre estará infringindo as leis.

Agora, é preciso entender que existem basicamente duas formas de ser espionado. Pode ser que alguém tenha acesso ao seu dispositivo ou conta e, nesse caso, não precise de um software. Mas o espião também pode estar utilizando um programa para ter acesso às informações.

Se você utiliza o WhatsApp Web, por exemplo, sempre cancele a conexão após o uso. Do contrário, qualquer pessoa que usar a mesma máquina poderá ter acesso às suas mensagens. Basta ir em “Aparelhos conectados” para saber qual foi a última visualização.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário