scorecardresearch ghost pixel



ICMS: por que o preço da gasolina vai cair menos em São Paulo do que em Goiás?

Diferença na queda de preços é de quase o dobro entre os estados.



O governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado, foi o segundo do Brasil a anunciar a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis, energia elétrica, telecomunicações e no setor de transportes. Além dele, o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, também anunciou a redução.

Leia mais: Novo estado anuncia redução do ICMS da gasolina; saiba qual é

Há alguns dias, o governo federal sancionou o projeto de lei que incentiva os governadores de todo o país a cortarem o imposto. No caso de Goiás, a redução na alíquota do ICMS sobre a gasolina, por exemplo, será de 30% para 17%.

Em números, o valor pode culminar numa queda de até R$ 0,85 pelo litro do combustível. O valor, vale destacar, é quase o dobro da redução em São Paulo, que pode sofrer menos impacto nas bombas: de apenas R$ 0,48 pelo litro. Mas, afinal, porque a redução será maior em um estado do que no outro?



Gasolina mais barata em Goiás do que em São Paulo

A resposta para a diferença nos valores de preços entre os combustíveis está justamente no valor cobrado pelas alíquotas do ICMS. Enquanto que no estado de Goiás ela passou de 30% para 17%, em São Paulo, a redução foi de 25% para 18%.

Resumindo: o imposto aplicado sobre os goianos era maior em comparação ao aplicado sobre os paulistas, por isso a diferença maior em um estado do que no outro.




Voltar ao topo

Deixe um comentário