scorecardresearch ghost pixel



INSS: aprenda a bloquear e desbloquear o empréstimo consignado

Todo segurado do INSS precisa aprender a utilizar esse recurso. Saber bloquear e desbloquear o empréstimo consignado pode ser o jeito mais simples de evitar fraudes.



O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) permite que os aposentados e pensionistas possam bloquear e desbloquear a opção para empréstimos consignados. O serviço é solicitado pela internet, sem precisar de atendimento presencial. Confira o passo a passo.

Leia mais: Vale a pena fazer empréstimo online? Confira as opções

O pedido de bloqueio ou desbloqueio para o empréstimo consignado é realizado pelo titular do benefício ou por algum representante legal. É preciso apresentar o CPF ou o termo de representante legal.

Bloquear e desbloquear empréstimo consignado

Antes de aprender a fazer o bloqueio e desbloqueio do empréstimo consignado, todo segurado do INSS deve seguir algumas orientações básicas. É essencial conferir sempre os valores do benefício pelo aplicativo ou site do instituto.



Além disso, a dica é nunca contratar um empréstimo pelo telefone e nem fornecer dados pessoais, como CPF e número do cartão do INSS, para qualquer um. Antes de assinar qualquer documento, o INSS orienta que os segurados leiam todas as informações com muita atenção.

Todas essas cautelas são para evitar que algum empréstimo seja contratado sem que essa seja a vontade do segurado.

Sempre que o cidadão desconfiar que tenha sido vítima de alguma fraude, o primeiro passo é entrar em contato com a instituição para informar a não contratação do consignado.

Então veja como pedir o bloqueio da contratação de consignados:

  • No aplicativo Meu INSS, clique na opção “Novo pedido”;
  • Marque o nome do serviço/benefício que deseja;
  • Leia as demais instruções que aparecem na tela para concluir as etapas de solicitação.

O mesmo pode ser feito caso o segurado opte por contratar um empréstimo e quiser desbloquear o serviço. Basta seguir as etapas de solicitação de novo pedido e acompanhar o andamento também pelo site ou aplicativo do INSS. O cidadão também pode solicitar o bloqueio ou desbloqueio por meio do telefone 135.




Voltar ao topo

Deixe um comentário