scorecardresearch ghost pixel



Programa vigia funcionários sem eles saberem; saiba como funciona o bossware

A questão polêmica que envolve o acesso às atividades daqueles que trabalham em casa tem gerado uma reflexão sobre a privacidade no home office e o limite do monitoramento por parte das organizações.



Com o aumento do trabalho remoto as empresas buscaram algumas soluções para identificar o desempenho dos trabalhadores. Sendo assim, o uso de sistemas que controlam o horário e outros processos dos empregados cresceu. A exigência por disciplina aumentou a vigilância com o auxílio da tecnologia. 

Veja também: Não caia em golpes no WhatsApp! Veja as dicas

Os computadores e dispositivos usados para fins comerciais estão mais suscetíveis a controlar a vida profissional das pessoas. Os mecanismos de interação, entre programas, navegadores e o próprio sistema operacional são preparados no intuito de medir a produtividade, só que o risco à privacidade gera uma preocupação. 



Os bosswares monitoram a rotina dos trabalhadores, levantando suspeitas de invasão à privacidade 

Os bosswares são softwares instalados em um computador utilizado profissionalmente que captam as ações realizadas na máquina. Contudo, até ativar microfone e câmera sem o consentimento do usuário esses programas fazem. O uso da inteligência artificial permite captar emoções e mudanças de comportamento. 

A captura de tela e identificação de todos os rastros do funcionário é um fator que transmite certa insegurança. No Brasil há pouco conhecimento dessas iniciativas, mas a Lei Geral de Proteção de Dados assegura seus direitos, caso seja observado a manipulação indevida de dados sensíveis. 




Voltar ao topo

Deixe um comentário