scorecardresearch ghost pixel



Seu score está baixo? Veja como consultar e aumentar a pontuação

Se o seu score está baixo, existem algumas formas de aumentar a pontuação e ter mais crédito no mercado. Mas é preciso consultar como anda a sua moral na praça antes de dar o primeiro passo.



Não existe jeitinho nem fórmula mágica para aumentar o seu score. O único “truque” disponível é até mais simples: comece pagando as suas contas em dia. E corra de qualquer oferta de aplicativo ou serviço que diga ser capaz de melhorar a sua pontuação nos órgãos de proteção ao crédito.

Leia mais: Negativados podem fazer negociação de dívidas na Serasa

Veja como consultar e dicas para aumentar o seu score.

Os mais conhecidos são a Serasa e o SPC. O score é o calculado com base no comportamento financeiro de cada pessoa. A pontuação vai de zero a mil. Aos olhos do mercado, esse indicativo mostra quais são as chances de você dar calote ao comprar com eles ou de pagar as suas dívidas em dia.



Consultar e aumentar a sua pontuação

Como dito, um bom score depende de disciplina e organização das finanças do indivíduo. Antes de se preocupar com a pontuação, todo consumidor precisa conferir se tem ou não contas a pagar. Em caso de dúvida, basta consultar isso nos sites, como a Serasa.

A consulta à pontuação indica como está a sua reputação no mercado, se você é uma pessoa que atrasa ou deixa de pagar as contas dentro do prazo, usa muito o cheque especial e tem dívidas antigas. Em todos esses casos, a certeza é de que o seu score não seja dos melhores.

A boa notícia é que você pode aumentá-lo.

Comece gastando menos do que ganha e acabando com as dívidas atuais. Depois de resolver as pendências ligadas ao seu CPF, os seus números vão aumentando e essa pontuação vai ficando melhor, mas tudo bem aos poucos.



Com a rotina de pagar sempre as contas em dia, quitar as dívidas velhas e adquirir alguns hábitos financeiros inteligentes, o seu “crédito” no mercado irá retornando. Note que tudo isso faz parte de uma mudança gradativa, então nem se apresse. Assim que você ajustar os gastos, faça uma nova consulta ao score para acompanhar a mudança.

O mesmo acontecerá com as instituições financeiras, que vão avaliar o desempenho da sua pontuação na hora de liberar alguns serviços, por exemplo. É como se o score fosse uma espécie de termômetro.

Como consequência dessa boa avaliação, será possível ter uma maior liberação de empréstimos e financiamentos, assim como taxas de juros mais baixas.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário