scorecardresearch ghost pixel



Descubra como usar o Wi-Fi de algum lugar que você ainda não sabe a senha

Em grupos online ou apps, muitos compartilham essas senhas livres que você poderá usar quando houver necessidade. Um desses aplicativos é o Instabridge.



Ter em mãos um celular sem internet não costuma ajudar muito, principalmente quando existe a necessidade de comunicação para fazer um trabalho ou consultar uma informação. 

Veja também: WhatsApp lança novo recurso que prioriza o anonimato dos usuários

Se o seu sinal está ruim e o 4G não funciona, até surge uma preocupação de que está perdendo algo importante. No caso de uma emergência, uma ligação pode resolver, mas, em geral, o wi-fi ajuda a fazer pesquisas rapidamente. Esperar que alguém possa ratear os dados com você costuma demorar muito e nem todos tem essa disponibilidade. 

Não tem nada a ver com ‘’roubo de internet’’, até porque a maioria das redes disponíveis já estão abertas, apenas restritas a um número menor de pessoas. Caso tenha essa preocupação, use apenas quando tiver algo urgente para resolver, momentos nos quais não há alternativa. O truque é válido em ambientes públicos e não para redes particulares. 



Usar Wi-Fi de graça em determinado lugar pode ser muito útil para buscar algo na internet ou falar com alguém 

Aqueles estabelecimentos que têm Wi-Fi são os lugares perfeitos para você conseguir usar a rede, mesmo que tenha senha. Com certeza alguém esteve no local e sabe o código. Em grupos online ou apps, muitos compartilham essas senhas livres que você poderá usar quando houver necessidade. Um desses aplicativos é o Instabridge, entenda como ele funciona: 

1º Passo: baixe o Instabridge na Play Store ou Apple Store e ative sua localização, para mostrar as redes de wi-fi mais próximas.

2º Passo: clique no canto interior direito da tela e clique na opção ‘’Wi-Fi’’ e confirme para receber a senha. 

3º Passo: olhe o nome da rede e sua respectiva senha e no ícone de ‘’Wi-Fi’’ do seu celular, faça o Login. 




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário