scorecardresearch ghost pixel



Entenda como o novo vale gás de R$ 120 aprovado pelo Senado irá funcionar

Sabemos que qualquer aumento dos benefícios disponibilizados irá ajudar, e muito, as famílias mais carentes em tempos tão difíceis. Saiba em quanto esse auxílio aumentará.



Com o aumento constante do preço do gás, as reclamações da população e por estarmos em pleno ano eleitoral, os políticos já começaram a correr atrás de maneiras de aplicar mais dinheiro em alguns dos programas sociais vigentes. O vale gás é um que deve ganhar destaque.

Veja também: Programa Vale Gás: parcela aumentou para R$ 110

Atualmente o benefício está na casa dos R$ 53. Esse valor é pago a cada dois meses, mas o que tudo vem indicando é esse valor será ser mais que dobrado. As informações fazem parte do relatório da Proposta de Emenda à Constituição que foi aprovada pelo Senado na última quinta-feira, 30.

O novo valor será de R$ 120. Curiosamente falando, o aumento só irá durar até o fim do ano de 2022, ou seja, só será uma realidade durante os próximos meses nos quais o atual presidente, Jair Bolsonaro, estará tentando melhorar nas pesquisas eleitorais, já que atualmente ele aparece atrás de Lula.



E mais do que isso, o autor do projeto, senador Fernando bezerra Coelho (MDB-PE) ainda entregou outro relatório referente ao Auxilio Brasil, o benefício que substituiu o famoso Bolsa Família. Eles também querem que o mesmo sofra um aumento.

E por fim, houve a criação do auxílio caminhoneiro, pois essa foi a saída que o governo encontrou para ajudar essa forte base sem que tivesse que lidar com a ira dos acionistas da Petrobras.

Os aumentos constantes nos combustíveis, preço dos alimentos e na energia elétrica acabaram gerando desgaste no governo, e a ideia da equipe econômica do Planalto é que esses aumentos nos benefícios serão capazes gerar simpatia com o eleitorado.

É preciso lembrar que só nos últimos 12 meses, o preço do botijão de gás subiu 29,39%. Se ampliarmos o nosso olhar para os últimos dois anos, segundo o IBGE, temos um aumento de 53,44%.

Atualmente são mais de 5,7 milhões de pessoas recebendo o benefício. Segundo o governo, o valor de R$ 120 deve ser suficiente para que a pessoa consiga comprar o botijão de gás, algo que precisa ser ressaltado, pois a ideia original do projeto sempre foi de cobrir apenas metade do custo.



Apesar dessa afirmação, ela não é verdadeira em todos os estados, uma vez que já foi constatado que o botijão de gás custa mais de R$ 120 em nove estados brasileiros.

E é preciso lembrar que estamos falando de valores oficinais por parte da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O que isso significa? Que é muito provável que o gás seja encontrado custando mais caro que isso na mão dos lojistas.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário