scorecardresearch ghost pixel



Golpes no consignado do Auxílio Brasil começam antes da regulamentação

Criminosos já começaram a aplicar golpes com o consignado do Auxílio Brasil. As pessoas precisam ficar atentas, porque o empréstimo ainda não passou por regulamentação, logo não pode ser ofertado. Aprenda a se proteger.



A liberação do empréstimo consignado para quem recebe o Auxílio Brasil tem gerado preocupação, primeiramente pelo risco de endividamento e também pela aplicação de novos golpes que já estão sendo registrados. Mesmo sem a regulamentação pelo Ministério da Cidadania, muitos beneficiários já estão recebido falsas propostas de crédito.

Leia mais: Empréstimo consignado do Auxílio Brasil será de até 40% do benefício

Os golpistas entram em contato com os beneficiários e, em posse de algumas informações das vítimas, oferecem um falso consignado. Algumas pessoas já caíram na conversa dos criminosos e procuraram a polícia para relatar o fato.



Golpes no consignado do Auxílio Brasil

Até mesmo algumas instituições financeiras têm ofertado o consignado, mesmo antes de a regulamentação por parte do Ministério da Cidadania ser oficializada.

O que tem acontecido é que, por falta de informação, muitas pessoas têm aceitado as propostas oferecidas tanto por esses bancos quanto pelos criminosos que parecem legítimos. A preocupação atual é que as famílias fiquem endividadas e comprometam todo o benefício com os consignados pelo Auxílio Brasil.

A orientação é para que os beneficiários sempre desconfiem desse tipo de proposta justamente porque ainda é cedo para esse tipo de oferta, visto que é preciso aguardar a regulamentação do Ministério da Cidadania.

O presidente Jair Bolsonaro tem até o mês de agosto para sancionar a medida. Só depois disso é que as regras serão divulgadas como, por exemplo, a porcentagem do benefício que poderá ficar comprometida com o empréstimo.

É por isso que os beneficiários devem suspeitar de golpes no consignado usando o Auxílio Brasil como garantia, especialmente agora que já foi propagado que realizar ofertas desse tipo nesse momento é impossível.

Outro cuidado é nunca fornecer informações pessoais e não confirmar os dados indicados por ligações telefônicas ou mensagens no WhatsApp, uma vez que os golpistas podem estar apenas reunindo dados para aplicar golpes na mesma pessoa em outro momento.




Voltar ao topo

Deixe um comentário