scorecardresearch ghost pixel



Pesquisa mostra que alimentação pode combater efeitos da velhice

Confira o que você deve comer diariamente para ter uma velhice saudável e uma mente ativa. Estudo revelou três opções de alimentos práticos, baratos e simples.



Você, certamente, já ouviu um velho ditado que diz o seguinte: “você é aquilo que come”. Embora não seja possível encarar esse conhecimento de forma literal, ele evidencia a importância de selecionar bem os alimentos. Um estudo recente mostrou que a alimentação correta pode retardar os efeitos da velhice e até reverter alguns deles.

Veja também: 3 alimentos que você tem em casa mas devia tirar agora mesmo

A alimentação consegue retardar o declínio cognitivo do ser humano. Isso quer dizer que a diminuição das funções básicas de uma pessoa por causa da velhice pode ser combatida por meio de dietas. Normalmente, esses efeitos são notados com mais frequência no que se relaciona à mente humana.



Tarefas simples como lembrar que dia estamos ou fazer contas de matemática se tornam difíceis em situações críticas. Por isso, vale a pena combater os efeitos da velhice por meio de ações simples e que envolvem a alimentação diária.

Estudo mostra quais alimentos combatem os efeitos da velhice

O estudo em questão foi publicado na Academia Americana de Neurologia. Ele mostrou que o consumo de hortaliças cruas é capaz de rejuvenescer a mente em até 11 anos. Esse efeito consegue prevenir e retardar os efeitos indesejados da velhice, principalmente os que se relacionam com o declínio cognitivo.

Voluntários da pesquisa conseguiram efeitos significativos comendo apenas uma porção de hortaliças cruas todos os dias. Ou seja, o sacrifício não precisa ser tão grande e pequenos atos são suficientes para resultar em uma grande mudança no futuro.



Quais os vegetais mais eficientes para rejuvenescer a mente?

O estudo também revelou quais foram as hortaliças mais eficientes para combater o envelhecimento do cérebro.

De acordo com as informações, os voluntários comiam:

1 – Meia xícara de crucíferas (brócolis e couve-flor);

2 – Uma xícara de couve, agrião ou espinafre cozido;

3 – Uma xícara de alface crua.

Lembre-se que esses alimentos eram consumidos todos os dias pelos participantes da pesquisa que investigou os efeitos da velhice e estabeleceu uma solução saudável.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário