scorecardresearch ghost pixel



Renegociação do FIES começa em setembro; como conseguir descontos de até 99%?

O prazo para a renegociação das dívidas com o FIES começará no próximo mês. Confira quem poderá aproveitar os descontos e quitar os débitos ao aproveitar essa oportunidade única.



Os estudantes que acumularam dívidas no Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) têm até 31 de dezembro para fazer a renegociação dos valores. Antes o prazo terminaria em 31 de agosto, mas ele foi estendido depois de uma nova medida publicada pelo Ministério da Educação. O pagamento das dívidas terá descontos que chegam a 99%.

Leia mais: Descontos de até 99% no pagamento do FIES foram liberados! Quem tem direito?

Podem participar da renegociação as pessoas sem atraso na quitação do financiamento; com atraso de 90 dias; estudantes com atrasos de mais de 360 dias, desde que tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021 ou que estejam inscritos no CadÚnico; além dos alunos com atrasos há mais de cinco anos e que sejam de baixa renda.



Renegociação do FIES

Para participar da renegociação do fundo em questão, os estudantes ou novos profissionais devem entrar em contato com o banco onde firmaram o contrato. O processo pode ser realizado de forma remota. Sendo assim, não é preciso ir até uma agência da Caixa ou do Banco do Brasil para acertar a dívida.

A previsão é que 2 milhões de pessoas sejam beneficiados com a renegociação. A medida anunciada pelo Ministério da Educação permite que os valores em atraso sejam parcelados em até 150 vezes para os estudantes com atraso de 90 dias, mas cada parcela precisa ser de no mínimo R$ 200.

A partir dessas mudanças será possível incluir então os cidadãos que estão com o pagamento em dia e aqueles que estão com atraso no pagamento há mais de cinco anos, mas que não haviam sido citados na Medida Provisória publicada em dezembro de 2021.

O Ministério da Educação autorizou que o desconto seja de 12% nas dívidas do FIES para os estudantes que não estão com parcelas atrasadas. Nesses casos, é necessário atenção, pois será preciso fazer o pagamento à vista. O prazo para procurar os bancos é de 1 setembro a 31 de dezembro.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário