Concurso PC GO 2018: Edital publicado com inicial de R$ 19 mil!

Edital publicado pelo Núcleo de Seleção da UEG tem 100 vagas para profissionais graduados em Direito e remunerações iniciais a partir de R$ 19 mil! Inscrições abertas em junho!

A  espera, finalmente, chegou ao fim. O edital de concurso da Polícia Civil do Estado de Goiás (PC GO) foi publicado no Diário Oficial do Estado do dia 15 de maio de 2018.

A informação havia sido confirmada, um dia antes, pela Secretaria de Gestão e Planejamento de Goiás (Segplan).

Ao todo, a seleção oferta 100 vagas na carreira de Delegado. As inscrições estão abertas no mês de junho.

O anúncio do certame foi feito pelo governador em exercício, José Eliton, no dia 19 de abril.

Poucos dias depois, em 23 de abril, a Universidade Estadual de Goiás (UEG), por meio de publicação no Diário Oficial, foi formalizada como organizadora do certame, que deve ter o edital divulgado dentro dos próximos dias.

Na mesma ocasião, José Eliton autorizou, também, provimento de vagas nas funções de Agente e Escrivão. A expectativa é de que sejam ofertadas 550 vagas. Entretanto, para esta não foram divulgados maiores detalhes, como comissão responsável e banca organizadora.

Estas vagas estão previstas desde o ano passado, quanto o então governador, Marconi Perillo, autorizou a realização de um novo certame ofertando 650 oportunidades.

Concurso PC GO 2018

Concurso Delegado PC GO 2018 oferta 100 vagas na carreira que exige formação de nível superior em Direito. A remuneração inicial é de R$ 19.242,52 em jornadas de 40h semanais.

A estrutura do certame é composta por nove fases, sendo elas avaliação por equipe multiprofissionais (candidatos com deficiência), provas objetivas e discursivas, avaliações de aptidão física e médica, exame de vida pregressa, avaliação de vida pregressa e investigação social, curso de formação e, por fim, análise de títulos.

As provas intelectuais serão aplicadas em Goiânia e Aparecida de Goiânia, nos meses de agosto e setembro, conforme será visto em seção posterior.

O concurso tem o Núcleo de Seleção da UEG como banca organizadora. Ademais, a comissão interna teve composição publicada na edição de 01 de março do Diário Oficial do Estado.

Ao longo do andamento com os trâmites, a expectativa era de que o documento fosse publicado em maio, prazo que foi cumprido.

Outro fatos que indicavam a publicação breve do edital foram a recomendação do Ministério Público de Goiás (MP-GO) para realizar novo certame no primeiro semestre de 2018, além de realocar servidores para guarnecimento das delegacias do estado.

Garanta já um material de qualidade para seus estudos:

Histórico concurso PC GO – 2018

O concurso PC GO 2018 foi autorizado em outubro do ano passado, durante a formatura de 400 policiais civis. Na ocasião, foram liberadas 650 vagas distribuídas entre as carreiras de Agente e Escrivão (550), além de Delegado (100).

O certame faz parte de um conjunto de ações em prol da Segurança Pública. No evento de formatura dos 400 policiais civis selecionados no certame anterior, outros trabalhos foram anunciados. Ricardo Balestreri, secretário de segurança pública, anunciou a criação de novas delegacia, além do programa Goiás Limpo.

Trata-se de programa de combate ao crime organizado cuja finalidade é aprimorar a PC GO usando, como meios, os bens e valores apreendidos nas operações. São atos importantes, tendo em vista a crise enfrentada pela Segurança nos primeiros dias do ano, em meio a rebeliões promovidas em presídios da capital e interior.

Outro estímulo para a realização de um novo certame é o déficit apresentado no quadro de servidores da corporação. A presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Goiás (Sindepol), Silvana Nunes Ferreira, diz que a necessidade de um concurso é urgente.

Segundo levantamento, cerca de 3.295 policiais são responsáveis pela demanda de uma população aproximada a 6.695.855 habitantes.

Cargos, benefícios e atribuições

Conforme anunciado pelo governo do estado, o concurso PC GO 2018 trará 650 oportunidades distribuídas entre os cargos de Agente, Escrivão e Delegado. Todas as carreiras exigem formação em nível superior, sendo específica em Direito para Delegado.

Delegado: tem, entre suas atribuições, instauração e presidência de inquéritos policiais, TCO’s e outros procedimentos; determinação de intimações e condução coercitiva; coordenação, supervisão e fiscalização de atividades relacionadas à sua unidade. O próximo certame deverá oferta iniciais de R$ 19.242,52. No topo de carreira, o vencimento chega a R$ 27.489,43.

Agente: tem, entre suas atribuições, execução de diligências e investigações; apreensão de objetos furtados; localização de pessoas; prisão de infratores em flagrante ou por mandado; e, direção de viaturas policiais. No próximo certame, a remuneração inicial prevista é de R$ 1.500,00, cumprindo 40h semanais.

Escrivão: tem, entre suas atribuições, redigir termos de ocorrência, depoimentos e declarações; preencher guias de recolhimento, identificação e soltura de presos; catalogação e arquivo de documentos; e, acompanhamento em diligencias. O próximo certame prevê remuneração inicial de R$ 1.500,00, cumprindo 40h semanais.

Em tese, as carreiras de agente e escrivão têm remunerações a partir de R$ 5.134,14. No entanto, os servidores que adentrarem no próximo certame farão parte do quadro de substitutos. Essa categoria foi criada a partir de vagas disponíveis na terceira classe. As atribuições são as mesmas, mas, percebendo remuneração três vezes menor.

A categoria já começou a selecionar novos servidores no concurso realizado em 2016 que, inclusive, já tomaram posse. A sugestão do Sindicato é que esses aprovados sejam promovidos para a terceira classe, percebendo remuneração igualitária. Em meados de janeiro, reportagens mostraram a situação em que diversos desses agentes e escrivães vivem mediante tal remuneração.

Relatos afirmam que, perante remunerações de R$ 1.500,00, servidores transferidos para outras cidades não conseguem pagar aluguel, precisando morar em delegacias. O reflexo dos baixos salários é a alta quantidade de exonerações. Segundo representantes do governo, a remuneração já era prevista em edital, onde também constam os requisitos para promoção.

Concurso PC GO – 2016

Polícia Civil de Goiás (PC GO) abriu seu último certame em 2016, tendo o Cebraspe como banca organizadora. Na ocasião, foram disponibilizadas 36 vagas para delegado, 280 para agente e 220 para escrivão.

Talvez este seja um dos concursos mais polêmicos já realizados pela corporação goiana. Tanto que a seleção para Delegado acabou suspensa.

O concurso apresentou 25.072 inscritos para agente, 6.257 para escrivão e 13.318 para delegado. Porém, um certame aplicado para a carreira de delegado acabou anulado, a pedido do Ministério Público Estadual (MP-GO).

As provas apresentaram diversas irregularidades, estando entre os concursos investigados pela Operação Panoptes. O MP-GO ofereceu denúncia contra 26 envolvidos no esquema, incluindo as acusações de crimes de organização criminosa, corrupção ativa, fraude em certame de interesse público e corrupção passiva.

Felizmente, o concurso para agentes e escrivães não teve o mesmo fim. Seus 448 aprovados foram devidamente nomeados em setembro de 2017.

Provas do Concurso PC GO

O edital do concurso Delegado PC GO 2018 foi divulgado trazendo as etapas que compõem o processo de avaliação e seleção dos candidatos. Quanto às demais carreiras, a composição deve seguir o mesmo aplicado nos certames anteriores.

Vejamos as etapas aplicadas em cada carreira.

Delegado:

O certame de 2018 avaliará os candidatos em nove etapas, a saber:

  • provas objetivas
  • provas discursivas
  • avaliação de aptidão física
  • avaliação médica
  • exame psicotécnico
  • avaliação de vida pregressa e investigação social
  • curso de formação
  • avaliação de títulos

Candidatos com deficiência passarão, antes das provas intelectuais, por avaliação de equipe multiprofissional.

As provas objetivas estão previstas para 12 de agosto nas cidades de Goiânia e Aparecida. Os locais serão divulgados, previamente, pela banca organizadora.

Nelas, serão avaliados os seguintes conhecimentos:

A prova discursiva, por sua vez, será dividida em três blocos e aplicada nas prováveis datas de 25 a 27 de setembro.

As condições de classificação para as etapas seguintes estão descritas em edital.

A validade do concurso é de seis meses, podendo ser prorrogado por igual período.

O documento pode ser acessado a partir da página nove do link: goo.gl/1sW2kL

Agente:

 

Escrivão:

As provas objetivas para Agente e escrivão contaram com o mesmo conteúdo programático. Confira: Língua Portuguesa, Noções de Informática, Legislação Penal Extravagante, Legislação Específica, Noções de Direito (Penal, Processual Penal, Constitucional, Administrativo).

Quanto às provas discursivas, estas variaram de acordo com o cargo.

  • Agente e escrivão: elaboração de texto dissertativo, de até 30 linhas, sobre temas da parte de conhecimentos específicos.

Maiores informações acerca dos certames podem ser verificadas em seu edital, disponível através do link:

  • Concurso Escrivão e Agente PC-GO 2016: goo.gl/w2XmHJ

Inscrições Concurso PC GO 2018

A publicação do edital de concurso da Polícia Civil de Goiás foi confirmada para o dia 15 de maio. Mas, antes disso, maiores informações sobre a abertura de inscrições já haviam sido confirmadas pela Secretaria de Gestão e Planejamento de Goiás (Segplan).

As inscrições para o concurso da PC GO serão realizadas entre as 10h do dia 12 de junho e as 23h59 do dia 11 de julho de 2018. As inscrições e demais procedimentos, como pedido de isenção, serão feitos somente pelo site do Núcleo de Seleção da Universidade Estadual de Goiás – UEG (https://www.nucleodeselecao.ueg.br/).

As oportunidades são de nível superior, somente para o cargo de Delegado, e vão ter custo de R$ 200,00 para participação.

Garanta já um material de qualidade para seus estudos:

Voltar ao topo

Deixe um comentário