Concurso Polícia Rodoviária Federal: 500 vagas autorizadas!

Certame pode ofertar vagas para agente, escrivão e delegado, com iniciais a partir de R$ 11mil, confira as últimas notícias e previsões para o concurso da PRF.

Para quem aguarda a realização de um novo concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF), as notícias são as melhores. Foram autorizadas 500 vagas para Policial Rodoviário no dia 28 de fevereiro de 2018.

A informação foi dada pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. A pasta foi criada recentemente e além da PRF, é responsável também pela Polícia Federal e Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Os trâmites necessários para a formalização da autorização estão em andamento do Ministério do Planejamento. A publicação ainda não tem data definida, mas espera-se que aconteça ainda no primeiro semestre.

Em reunião com o diretor-geral da PRF, Renato Dias, Jugmann afirmou que a portaria de autorização deve sair em breve. A Polícia Rodoviária aguarda apenas a autorização para tornar público o edital.

Todo o quantitativo será disponibilizado para a carreira de Policial Rodoviário Federal, que pode ter ganhos de até R$ 9.931,57.

Para concorrer a uma das vagas, é preciso ter diploma de conclusão de graduação em nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atualmente a corporação passa por uma grande crise em relação ao quadro de funcionários. O diretor-geral chegou a alertar inclusive para um provável colapso da corporação caso o concurso solicitado não tivesse sido autorizado.

Novas vagas

Além das 500 oportunidades já autorizada, um estudo é feito para aumentar o quantitativo para 3.000 posições. Um fator encorajador é o sucesso obtido na Operação Égide, articulada para desmontar organizações criminosas atuantes no tráfico de drogas, assaltos, homicídios e corrupção de menores.

Renato Dias levou, também, projetos, estrutura e necessidades da corporação ao ministro Raul Jungmman e sua assessoria. Entre os pontos levantados está a necessidade de mais vagas para agente administrativo.

Neste caso, foram solicitadas 1.500 oportunidades na carreira que exige formação em nível médio. A remuneração inicial prevista é de R$ 4.270,77.

Apostila preparatória para o concurso PRF:

Apostila PRF – Agente Administrativo
Apostila PRF – Policial Rodoviário Federal
Apostila PRF – Agente Administrativo

Histórico e atribuições do Concurso da PRF

O último concurso para Agente da Polícia Rodoviária Federal foi realizado em 2013, sob a organização do Cespe/Unb, com abertura de 1.000 vagas.


Os candidatos foram submetidos a provas objetiva, discursiva, avaliações psicológica e de saúde, investigação social, avaliação de títulos e Curso de Formação Profissional.

Ao Policial Rodoviário Federal cabem as seguintes atribuições: realizar atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

O agente administrativo, por sua vez, atua nas áreas de RH, finanças, patrimônio, contratos e licitações. As lotações podem ser em delegacias de migração, controle de armas, dentre outras.

Remunerações e benefícios concurso Polícia Rodoviária Federal – PRF

Em 15 de dezembro de 2016, foi publicada, em Diário Oficial, a Lei nº 13.371/16, que dispõe do reajuste salarial para Policial Rodoviário Federal e outras categorias, previsto em 37%, com repasses em três parcelas até 2019.

Apostilas preparatórias PRF 2017: Policial Rodoviário Federal e Agente Administrativo.

Os novos salários, já válidos a partir de Janeiro de 2017, a remuneração inicial do agente da PRF é de R$9.043,00, acrescidos, ainda, do auxílio-alimentação (R$458,00) e auxílio creche.

Conforme já citado, a remuneração inicial estimada para o agente administrativo, por sua vez, é de R$ 4.270,77.

Última prova do concurso da PRF

O concurso realizado em 2013 foi dividido em algumas etapas. Os candidatos passaram por:

  1. provas objetivas – caráter eliminatório e classificatório
  2. prova discursiva – caráter eliminatório e classificatório
  3. exame de capacidade física – caráter eliminatório
  4. avaliação de saúde – caráter eliminatório
  5. avaliação psicológica – caráter eliminatório
  6. investigação social e/ou funcional – de caráter eliminatório
  7. avaliação de títulos – caráter classificatório

Os conteúdos para a prova objetiva de Agente em 2013 foram Língua Portuguesa, Matemática, Noções de Direito Constitucional, Ética no Serviço Público, Noções de Informática (em Conhecimentos Básicos), Noções de Direito Administrativo, Penal, Processual Penal, Legislação Especial, Direitos Humanos e Cidadania, Legislação do DPRF, Física Aplicada à Perícia de Acidentes Rodoviários (em Conhecimentos Específicos).

Ao todo, foram 50 questões de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos. Além da prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, os candidatos realizaram, também, a prova discursiva, com texto de até 30 linhas.

Edital: Concurso Polícia Rodoviária Federal – Edital cargo Agente PRF 2013

Em 2013, além dos conhecimentos específicos, foram cobrados, para os cargos de nível superior, Língua Portuguesa, Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Noções Direito Administrativo e Constitucional. Para os cargos de nível intermediário, também foram cobradas Atualidades.

Para estudar, busque as provas de concursos anteriores e realize simulados. Estas são duas das maneiras mais eficazes para verificar o desempenho em relação a teoria que já foi estudada.

Edital: Concurso Polícia Rodoviária Federal – Edital cargo Administrativo PRF 2013

Concorrência – Candidatos por vaga concurso PRF

No certame de 2013, teve um total de 109.769 inscritos para 1.000 vagas, a concorrência média de candidatos por vaga para Agente foi de 109,77 por vaga.

Como estudar para o Concurso PRF?

Algumas dicas são importantes para obter boas colocações em concurso tão concorrido.

A primeira delas é preparar-se antes do edital, tendo como base os anteriores. Em seguida, montar seu cronograma de estudos, levando em consideração o tempo que tem para se dedicar a eles.

Outra dica é adotar materiais de qualidade, de preferência, atualizados e especializados.

Veja mais dicas de como passar no concurso PRF aqui.

Concurso Polícia Rodoviária Federal 2018

Como aprovação, o edital deve ser lançado no primeiro semestre de 2018. Entretanto, nenhuma data foi fixada para a publicação do documento. A liberação do edital depende de aval para dar início aos trâmites de escolha da banca organizadora.

Porém, conforme informado pelo ministro Raul Jungmann, o edital com 500 vagas para policial rodoviário federal deve sair, ainda, em 2018. Também foi reforçada a necessidade de abrir vagas para o quadro administrativo. Portanto, o concurseiro pode, também, aguardar chances para esta área, também.

Devido a alta concorrência e o nível de preparo dos candidatos, é fundamental sair na frente, consultando os editais das últimas provas e conhecendo bem a banca organizadora.

Além disso, busque estar sempre atualizado em relação aos conteúdos que são cobrados. É essencial estudar os conteúdos mais elementares como Língua Portuguesa e Direito. Assim, na publicação no edital a quantidade de de conteúdo acumulado será menor.

Apostila preparatória para o concurso PRF:

Apostila PRF – Agente Administrativo
Apostila PRF – Policial Rodoviário Federal
Apostila PRF – Agente Administrativo

Voltar ao topo



Deixe um comentário