O que é spread bancário e como ele funciona?

Spread bancário é a diferença entre remuneração paga pelo banco ao aplicador para captar um recurso mais o valor cobrado para emprestar o mesmo dinheiro.

É comum as pessoas se perguntarem como os bancos ganham dinheiro. A resposta para isso está no spread bancário. O termo refere-se à diferença entre a remuneração paga pela instituição bancária ao aplicador para captar um recurso mais o valor cobrado pelo empréstimo.

Quem deposita dinheiro em banco está fazendo um empréstimo a essa instituição. Assim, o banco remunera e gere os depósitos a partir de uma taxa de juros.

Por outro lado, quando a empresa empresta dinheiro há cobrança de uma taxa também, superior à captação. A diferença entre as duas taxas é o próprio spread bancário.

O que é spread bancário?

O spread bancário está relacionado aos juros pagos quando alguém precisa de um empréstimo e o investimento garantido. Para entender melhor esse termo, confira o exemplo abaixo:

  • Você é dono de uma loja. Para ter lucro, é necessário vender mercadorias por preços maiores do que os de compra. Isso é feito para que o negócio continue sustentável. Esse dinheiro garantido com a venda precisa ser suficiente para suprir as despesas e conseguir ter lucro. Se esse lucro não existisse, não seria viável continuar com a loja.

Mercadorias são compradas por um preço X, mas precisam ser vendidas por um preço Y. A mesma relação acontece entre bancos, investidores, pessoas e empresas que utilizam serviço de empréstimos.

Como funciona o spread bancário?

Basicamente, o spread bancário opera para ajudar a arcar com custos referentes aos salários e despesas com funcionários que os bancos têm.

Portanto, ele funciona diretamente na diferença de valor paga pelo banco ao investidor, de modo a obter o recurso para emprestar dinheiro.

Com o objetivo de controlar o dinheiro que está em circulação na economia, o Banco Central (BC) retém parte dos depósitos captados pelos outros bancos, que vão para o Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Como o spread bancário é calculado?

O cálculo do spread bancário se dá por meio de uma fórmula bem simples:

spread bancário = [taxa de empréstimo] – [taxa de captação]

Exemplo:

Um investidor deixa seu dinheiro rendendo na poupança a uma taxa de 6% ao ano. O banco coleta esse dinheiro e remunera esses 6%. Assim, empresta o dinheiro para financiar um projeto a uma taxa de empréstimo de 20% ao ano.

Neste caso, o spread bancário é de 20% – 6% = 14%. Assim, o banco lucraria um total de 14% ao ano.

Confira também: Saiba o que é deflação e por que ela pode ser ruim para a economia

O que é spread bancário e como ele funciona?
Avalie
Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário