Cartão Banco Inter: Saque de até 90% do limite e sem consulta ao SPC e Serasa

Funcionalidades também incluem compras parceladas no exterior e taxas de juros mais baixas que a de bancos convencionais.

Está precisando de um cartão de crédito, mas está negativado(a)?
Saiba que o Banco Inter – uma das fintechs que mais cresce no Brasil – disponibilizou recentemente no mercado a opção de cartão de crédito consignado sem consulta ao SPC e Serasa.

O público-alvo da nova linha de crédito: aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos municipais, estaduais, federais e dos tribunais de justiça. Um dos destaques da nova função está no uso para compras no exterior, seja on-line ou de forma física.

Por se tratar de uma serviço consignado, o cliente terá a quantia mínima da fatura abatida diretamente da folha de pagamento. O restante acima desse valor deverá ser pago normalmente, caso contrário, poderá gerar juros e tarifas por atraso.

Benefícios cartão Banco Inter

Dentre as vantagens do mais recente lançamento da fintech, destacam-se:

  • Saque em dinheiro de até 90% do limite do cartão;
  • Sem consulta ao SPC e Serasa;
  • Taxas de juros mais baixas que as oferecidas no mercado;
  • Permite parcelar compras feitas no Brasil e no exterior.

Saiba como solicitar

O pedido de um cartão consignado Banco Inter é feito por telefone, através do número 3003 – 4070. A opção referente ao serviço é a “5”. Para realização do cadastro, tenha em mãos os seguintes documentos:

  • Identidade (RG ou CNH);
  • CPF;
  • Número da matrícula ou benefício;
  • Comprovante de residência;
  • Contracheque;
  • Valor de recebimento do salário ou benefício.

Feita a solicitação, o cartão será enviado ao endereço informado durante o preenchimento das informações. O prazo de emissão é de até três dias úteis. No entanto, o usuário já pode gerar um cartão virtual por meio do aplicativo e ir fazendo suas compras em sites e lojas virtuais antecipadamente.

Leia ainda: Novo cartão da Caixa é sem consulta SPC/Serasa e não tem anuidade; Solicite ainda em 2019

Voltar ao topo

Deixe um comentário