Compras de Natal: Saiba como utilizar bem o cartão de crédito

Diante do cenário de fim de ano, cartões são aliados importantes para o pagamento das compras. Afinal, as respectivas faturas deverão chegar só em janeiro ou fevereiro.

No Brasil, o Natal é uma das épocas do ano que mais movimentam a economia. Varejo, comércio e serviços possuem vendas garantidas. A data supera o Dia das Mães e Dia das Crianças. Segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em 2019, cerca de 119,8 milhões de pessoas pretendem presentear alguém no feriado. É esperado uma movimentação de R$ 60 bilhões.

Neste ano, o gasto médio do brasileiro deverá ser R$ 125 em compras. A pesquisa da CNDL e do SPC aponta que entre os presentes mais procurados são os eletrônicos, cosméticos, perfumes, livros. Outras opções são os calçados, roupas e acessórios. Diante do cenário de fim de ano, os cartões de crédito são aliados importantes para o pagamento das compras. Afinal, as respectivas faturas deverão chegar só em janeiro ou fevereiro.

Cartões de crédito proporcionam maior segurança e praticidade aos consumidores, além de muitas facilidades, como opções de parcelamento e um prazo maior para pagamento. Fatores como esses permitem aos clientes a possibilidade de organizar da melhor forma seu orçamento.

Dicas para utilizar o cartão de crédito

  1. Atenção ao crédito

Muitas lojas costumam oferecer promoções nesta época do ano, o que ajuda a movimentar o comércio. Assim, é muito importante que o consumidor procure por descontos especiais e opções de pagamentos variadas com o objetivo de economizar.

Pensando nisso, é importante salientar que não vale apenas realizar as compras de Natal com o cartão de crédito. É importante traçar um planejamento financeiro para que a fatura, quando chegar no mês seguinte, seja possível de pagar, sem criar dívidas. Afinal, começar o Ano Novo com um montante de contas não é nada agradável.

      2. Atenção às compras online

Nesta época do ano recebemos inúmeras propagandas via e-mail, redes sociais ou anúncios na internet. Tudo isso com o objetivo de vender produtos. Por isso, é importante que o consumidor fique atento para não cair em tentação. Muitas lojas garantem a opção de parcelar a compra em várias vezes sem juros no cartão. Isso pode ser ótimo, mas também ruim, dependendo do grau de planejamento.

É essencial que o consumidor pesquise entre as várias lojas, compare preços e tenha cuidado para não passar seu cartão de crédito antes de uma análise sistemática. Em contrapartida, caso tenha feito o planejamento, a compra online por meio do cartão de crédito pode ser excelente alternativa para garantir as compras de Natal e ainda ter um dinheiro para o fim do ano.

     3. Atenção às despesas

Especialistas financeiros apontam que o limite do cartão de crédito deve variar de 30 a 50% do salário do trabalhador. Desta forma, haverá uma boa margem de pagamento, evitando a tão assustadora inadimplência. Além disso, depois de feitas as compras de Natal é importante que o consumidor se atente ao extrato da fatura. Conferir se todos os produtos e itens constam com os respectivos valores,  é uma medida importante na hora do planejamento orçamentário e também para evitar fraudes ou pagamentos que não deveriam.

Depois de verificadas as despesas, o consumidor deve checar o valor da fatura e reservar uma parte da sua receita para isso. Caso não haja dinheiro suficiente para pagar, muitas operadoras de cartão oferecem a opção de parcelamento da fatura. No entanto, há cobrança de juros, que podem ser muito altos.

Caso aconteça do consumidor não conseguir realizar o pagamento total, ele também pode negociar a dívida do cartão. As empresas costumam oferecer planos atraentes, que podem caber no bolso. Mas a dica é sempre focar no pagamento integral da fatura para evitar os juros. Boas compras!

Confira também: Bolsonaro afirma que indulto natalino será vetado caso não contemple policiais condenados

Voltar ao topo

Deixe um comentário